Volta Nacional: “Mudar política de preços dos aeroportos nos supermercados é vital para atrair novos mercados”

Volta Nacional: “Mudar política de preços dos aeroportos nos supermercados é vital para atrair novos mercados”
David O´Brien, CCO Ryanair, esteve em Lisboa para uma reunião como o ministério da Economia na qual efectuou um briefing sobre os planos da Ryanair dando a perceber como Portugal poderá ou não participar no crescimento da companhia aérea low cost… (Vida Económica)
Negócios
“Rejeitada segunda providência cautelar contra venda da TAP”
A segunda providência cautelar interposta pela Associação Peço a Palavra contra o decreto-lei de privatização da TAP foi rejeitada pelo tribunal, adiantou fonte do Governo ao Negócios.
Vida Económica
“Mudar política de preços dos aeroportos nos supermercados é vital para atrair novos mercados”
David O´Brien, CCO Ryanair, esteve em Lisboa para uma reunião como o ministério da Economia na qual efectuou um briefing sobre os planos da Ryanair dando a perceber como Portugal poderá ou não participar no crescimento da companhia aérea low cost. “Como o aeroporto de Lisboa tirou quaisquer incentivos, existem apenas os preços publicados, isso tem o resultado perverso de incentivar as companhias aéreas a operar nas rotas estabelecidas, em vez de criarem novos mercados. Utilizamos os nossos custos internos mais reduzidos para tirar quota de mercado aos existentes. Gostávamos de fazer rotas na Europa como Palermo ou Bolonha, mas sem incentivos e preços elevados, as únicas rotas que escolheremos são aquelas que já foram testadas por outros. Não geramos outra procura nem novos mercados se não somos pagos para isso”, explicou O´Brien.
Diário de Notícias
“Lisboa investe 25 milhões para recuperar 150 ruas”
Programa Pavimentar Lisboa 2015-2020 visa dar resposta ao “estado de degradação acentuada de muitas das artérias”.
Jornal de Notícias
“Hábito de comer fora de casa está de volta”
Os portugueses estão a tomar mais pequenos-almoços e lanches fora de casa, sendo os gelados e a cerveja os produtos com maiores crescimentos de compra. A observação é feita pela Kantar Worldpanel: Retrato do Shopper português no grande consumo”, que conclui que o consumo dos portugueses fora de casa, no primeiro semestre do ano, aumentou pela primeira vez desde o inicio da crise.
Público
“Famílias vão menos ao supermercado e gastam mais nos cafés e restaurantes”
Nos primeiros seis meses do ano, as famílias portuguesas colocaram no carrinho do supermercado menos 0,9% de produtos em comparação com o mesmo período de 2014. Deslocaram-se ainda menos vezes às lojas e há uma pequena mudança de comportamento: pela primeira vez desde 2012 estão a consumir mais fora de casa, nos cafés e restaurantes.
“Lisboetas não quiseram saber do negócio da antiga Feira Popular”
Estaca previsto que 30 cidadãos pudessem inscrever-se para intervir na audição pública promovida pela Assembleia Municipal de Lisboa sobre a venda dos terrenos da antiga Feira Popular, mas apenas sete fizeram.

“Efromovich apresenta sexta-feira em Bruxelas queixa contra venda da TAP”
A terceira queixa sobre a privatização da TAP dará sexta-feira entrada na Comissão Europeia. Desta vez, pela mão do candidato preterido pelo Governo, Germán Efromovich. O empresário, dono do grupo sul-americano Avianca, entregará a Bruxelas uma exposição em que contesta a legalidade do consórcio que o Governo escolheu para comprar a companhia de aviação nacional. Nesta quinta-feira, os seus representantes apresentaram uma intimação no Tribunal Administrativo para exigir ao Estado o acesso a documentos sobre a venda. Fonte próxima de Efromovich, que já em 2012 tinha visto a sua oferta ser recusada pelo actual executivo, avançou que a queixa será enviada sexta-feira e que assentará em elementos recolhidos pelos representantes do empresário e por “dados públicos”. Nesta última categoria inserem-se os estatutos do consórcio que venceu a privatização e que é formado por Neeleman e por Humberto Pedrosa.
SOL
“TAP: Governo confortável”
O Governo mantém-se confortável com a escolha do consórcio Alantic Gateway, formado por David Neeleman e Humberto Pedrosa, para ficar com 61% da capital da TAP. Mesmo apesar das dúvidas que continuam a surgir quanto ao controlo efectivo do agrupamento e ao cumprimento das normas europeias. “Mantemos a posição que tem sido assumida publicamente desde o inicio e continuamos a ter conforto quanto à estrutura accionista e ao governo societário do consórcio vencedor”.

“Mosteiro de Alcobaça recebe hotel de charme”
O Mosteiro de Alcobaça vai receber um hotel de charme com cerca de 80 quartos. Será junto ao Claustro do Rachadouro, com um investimento previsto de 15 milhões de euros.
Económico
” Hotel do Espírito Santo Plaza à venda em Miami”
O hotel gerido pela Hilton, que está localizado no empreendimento de luxo que era do Grupo Espírito Santo, está à venda. A unidade poderá ser negociada por mais de 90 milhões de euros. O Conrad Miami, um hotel de luxo de 36 andares e 203 quartos foi colocado à venda esta semana, pela consultora imobiliária CBRE Hotels. Até agora não houve ofertas ao preço da avaliação, mas a CBRE indicou que esperava vender o hotel por mais de 100 milhões de dólares (90,4 milhões de euros).

” Efromovich entrega intimação em tribunal para aceder ao processo de privatização da TAP”
Germán Efromovich, candidato preterido no processo de privatização da TAP, entregou ontem no Tribunal de Círculo Administrativo de Lisboa uma intimação para exigir que a Parpública lhe conceda acesso aos documentos relativos ao processo de privatização da TAP. A intimação, que surge perante a ausência de resposta à carta enviada no início da semana aos ministros da Economia e das Finanças, será uma das peças processuais da queixa que o consórcio entregará hoje em Bruxelas.
Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.

Cristina Lira