Volta Nacional: “TAP já não existiria se não tivesse sido privatizada em 2015”

by Rita Inácio | 14 Outubro 2019 10:04

Jornal de Negócios

“TAP já não existiria se não tivesse sido privatizada em 2015”

O ex-ministro da Economia, António Pires de Lima, defende uma TAP privada com uma reserva de capital do Estado. Ataca os prémios que a transportadora deu. Mas diz não perceber como o Estado quis ficar com 50% sem papel executivo. António Pires de Lima era ministro da Economia quando a privatização da TAP foi feita e quando a dos CTT foi concluída. Defende ambas as empresas privadas. Mas no caso da transportadora 33% do capital no Estado era suficiente.

Correio da Manhã 

“Aeroporto da Madeira. Mau tempo levou ao cancelamento de 14 voos”

Fortes rajadas de vento e a fraca visibilidade provocaram ontem o cancelamento de 14 voos, entre chegadas e partidas, no aeroporto da Madeira. Ao início da tarde, fonte aeroportuária garantiu que a melhoria das condições atmosféricas na região já tinha permitido a aterragem de cinco aviões. O primeiro avião a aterrar com sucesso fez-se à pista às 10h05, chegado de Londres.

Nota informativa: O ambitur.pt[1] não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.

Endnotes:
  1. ambitur.pt: https://www.ambitur.pt/

Source URL: https://www.ambitur.pt/volta-nacional-tap-ja-nao-existiria-se-nao-tivesse-sido-privatizada-em-2015/