Volta Nacional: “Terrenos da Lisnave: o maior negócio do século na Grande Lisboa”

Volta Nacional: “Terrenos da Lisnave: o maior negócio do século na Grande Lisboa”

Público

“Autocaravanas criam bairro de lata nas falésias do Alentejo”
Os autarcas não têm dúvidas: apesar das regras e sensibilização, a situação só piora. Por toda a costa, de Sines a Sagres, multiplicam-se as “casas com rodas”, poluentes e que criam uma barreira de lata à beira-mar. A Associação de Freguesias do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina aprovou recentemente uma tomada de posição contra o autocaravanismo sem regras. Uma residente em Sines descreveu as consequências de “um turismo desenfreado e desrespeitador que está a ameaçar uma das mais belas zonas e de maior interesse paisagístico e ecológico da costa alentejana e vicentina”.

Negócios

“Mário Ferreira recruta 50 pessoas para a Flórida”
“Algum português a viver na Flórida? Vamos criar 50 novos empregos no escritório em Fort Lauderdale”, anunciou o empresário Mário Ferreira, esta semana, num post publicado no Facebook. O dono do grupo Mystic Invest, que detém a Douro Azul, entre outras empresas, afirma que “precisa de pessoas experientes para as áreas de marketing, comunicação, design gráfico, controlo de gestão, contabilidade, diretor de vendas nacional, promotores de vendas, atendimento e reservas”. O escritório que o grupo turístico português está “atualmente a montar” situa-se num dos mais luxuosos edifícios de escritórios de Fort Lauderdale e tem como objetivo comercializar cruzeiros sob a sua marca Mystic Cruises.

“Aeroportos de Lisboa e Porto entre os piores”
O aeroporto HUmberto Delgado foi classificado como o pior aeroporto do mundo no ranking anual de 2019 da AirHelp. A contribuir para este resultado esteve a pontuação dada à pontualidade do aeroporto. O aeroporto do Porto também não ficou bem na figura, sendo o oitavo pior do mundo.

Jornal Económico

“Aeronáutica, espaço e defesa valem entre 1,6 e 1,8 mil milhões”
Estudo da consultora EY conclui que TAP, OGMA e Embraer valem cerca de 30% deste cluster, que já emprega em Portugal cerca de 14.700 pessoas. Em 2017, o setor português de empresas do cluster deverá ter movimentado entre 1.814,8 milhões de euros e cerca de 1.630 milhões de euros. Apesar de um rápido crescimento nos últimos anos, o cluster de AED em Portugal ainda tem muito caminho para percorrer face aos seus principais concorrentes europeus e mundiais. Segundo o estudo, o setor valeu cerca de 0,95% do PIB em 2017.

“Terrenos da Lisnave: o maior negócio do século na Grande Lisboa”
Arranca para a semana, terça-feira, dia 14 de maio, aquele que deverá ser o maior negócio imobiliário do século em Portugal e um dos maiores em toda a Europa, com a realização da sessão pública de apresentação do projeto da “Cidade da Água”, que será implantado nos antigos terrenos da Lisnave nos próximos 10 a 15 anos. Estamos a falar de um total de 53 hectares, com a previsão de venda de 630 mil m2 de terrenos para diversos usos: hotéis, escritórios, comércio, áreas culturais, atividades náuticas e outros serviços. Associado à venda dos terrenos, o processo engloba também o lançamento de dois concursos de concessão, um para um terminal fluvial de passageiros, e outro para a construção e gestão de uma marina.

Vida Económica

“Festival da Rota do Atum ajuda a dinamizar economia madeirense”
O segundo Festival da Rota do Atum, que se realiza de 4 a 9 de junho, na ilha de Porto Santo, integra mais de 30 eventos.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.