Volta Nacional: “Turismo provoca aumento da procura de novas lojas”

Volta Nacional: “Turismo provoca aumento da procura de novas lojas”

A recuperação económica, o crescimento significativo do número de turistas a disponibilização de novas lojas no centro de Lisboa e Porto – em resultado da reabilitação de novos edifícios e… (Jornal i)

“O aeroporto de Lisboa está no limite”

O líder da Siemens em Portugal defende que as privatizações são necessárias porque o Estado não é bom gestor, mas devia-se aproveitar as sinergias, por exemplo, com a China. Sobre o aeroporto de Lisboa, o responsável afirma que “está nos limites”. “Funciona bem, ainda pode esticar mais um bocadinho, mas está no limite. Vão sete milhões de alemães para Espanha e vem um milhão para Portugal. Se quisermos ir buscar mais um milhão, acho que são 50 voos por dias”.
“Agricultura, pescas, turismo e minas são oportunidades para empresas portuguesas”

No momento em que se comemora o primeiro aniversário do actual Governo da Guiné-Bissau, vários factores confluíram para reforçar os laços entre este país e Portugal. Este fim-de-semana foi inaugurada a delegação da AICEP, em Bissau, e hoje começa a visita do primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho. Em entrevista, o ministro guineense da Economia e das Finanças fala das relações económicas entre os dois países e explica o plano para o desenvolvimento do país.” Na área do turismo, identificámos dois períodos. No primeiro, até 2020, vamos concentrar-nos apenas nas ilhas Bijagós, para as transformar num destino turístico internacionalmente conhecido nos segmentos da pesca desportiva e do ecoturismo. Não vamos à procura daquele turismo de massas. Bijagós precisa de ser preservado. Numa segunda fase, a partir de 2020, trabalhar também no turismo de média-gama no continente, para que, em finais de 2025, a Guiné-Bissau possa acolher pelo menos 300 mil turistas por ano. Nesta área, Portugal tem também muita experiência, incluindo na construção de hotéis”, afirmou.
“Neeleman garante 74,45% dos lucros da TAP”

Humberto Pedrosa, dono da Barraqueiro, garante que os estatutos da Atlantic Gateway em nada violam as regras comunitárias que impedem não-europeus de controlar companhias de aviação. Isto apesar dos documentos, divulgados este sábado pelo “Público” e a que o Diário Económico teve acesso, mostrarem que David Neeleman, que detém 49% do consórcio, ficará detentor da totalidade de acções de categoria A, que lhe conferem direitos especiais. Neeleman será ainda o principal financiador do Atlantic Gateway. “Ele foi o promotor do negócio, é normal que o promotor de um negócio tenha alguns privilégios”, diz Humberto Pedrosa em declarações ao Diário Económico, garantindo que isso não viola as regras comunitárias. “Estamos completamente tranquilos porque cumprimos correctamente o regulamento de Bruxelas e vamos cumpri-lo sempre.” E apesar da existência das acções de categoria A que conferem direitos especiais a David Neeleman, Pedrosa reafirma que ele é o accionista maioritário e a ele caberá a nomeação da maioria dos administradores da sociedade.

i
“Seguros de viagem. Evite a duplicação de coberturas”

Subscrever um seguro de viagem é uma ideia tentadora para a maioria dos consumidores que estão a pensar sair do país. Mas nem sempre é a melhor opção, uma vez que, na maioria dos casos, está a duplicar coberturas. De acordo com a Deco, só compensa subscrever este tipo de produtos se partir para destinos exóticos sem pacote turístico; caso contrário representa um gasto desnecessário.

“Turismo provoca aumento da procura de novas lojas”

A recuperação económica, o crescimento significativo do número de turistas a disponibilização de novas lojas no centro de Lisboa e Porto – em resultado da reabilitação de novos edifícios e da dinamização do mercado de arrendamento – têm contribuído para uma maior atractividade do mercado português e aumenta a procura de lojas por parte de novas marcas. Esta é uma das conclusões do estudo “How Global is the Business of Retail?” da consultora CBRE.

Negócios

“Açores crescem 70% nas escalas de cruzeiros”

O número de navios de cruzeiro que fizeram escala nos Açores aumentou 70,7% no primeiro semestre de 2015, o melhor de sempre da região, revelam dados da empresa Portos dos Açores.
Público

“Candidatura de Caneiras a Património Nacional avança ainda neste Verão”

O Instituto Politécnico de Santarém vai entregar brevemente à Direcção-Geral do Património Cultural um processo de candidatura da aldeia de pescadores avieiros das Caneiras a Património Imaterial Nacional.

“Reguladores começam a avaliar venda da TAP esta semana”

A venda da TAP vai começar a ser avaliada pelos reguladores já esta semana. O PÚBLICO sabe que a administração da companhia irá prestar informações sobre o processo à Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), o regulador do sector. Também a Comissão Europeia receberá elementos sobre o processo esta semana, com a visita do consórcio que venceu a privatização.

“Barcelona suspende concessão de licenças para estudar oferta turística”

Uma suspensão temporária da concessão de licenças para a construção de hotéis e outras actividades turísticas, assinada pela nova autarca de Barcelona, Ada Colau, vai congelar pelo menos 45 novos projectos, já entregues, ou em vias de o ser, para apreciação pela municipalidade. No entanto, a medida não vai paralisar os empreendimentos em marcha nem evitará o crescimento da oferta na capital da Catalunha, que só nos próximos meses terá em funcionamento 40 novos hotéis. A autarca alega que Barcelona, a terceira cidade mais visitada da Europa (atrás de Londres e Paris), tem de discutir e regular a pressão que o turismo está a provocar em certos pontos da cidade, que, com 7,5 milhões de visitantes internacionais por ano, começa a experimentar um estado de “fadiga” e até mesmo “irritação” com as inevitáveis consequências da procura: as queixas mais frequentes dos habitantes dizem respeito à subida de preços, ao lixo e barulho produzido pelos estrangeiros, e ao seu “mau comportamento”.
Correio da Manhã

“Igreja quer fixar turismo religioso”

A Igreja Católica está apostada em tirar maior partidos dos fluxos turísticos que visitam igrejas, catedrais e santuários, levando a que, sobretudo os estrangeiros, fiquem mais tempo nos lugares religiosos e não se limitem a visitas de algumas horas.Em Braga, o arcebispo D.Jorge Ortiga disse que “a aposta no turismo religioso tem de ser mais arrojada por parte da Igreja, de forma a que os turistas não se limitem a passar por santuários mais possam permanecer mais tempo e até pernoitar”.
Jornal de Notícias
“Polícias aprendem inglês para ajudar turistas”

“A partir de agora, os turistas só se sentem perdidos e Aveiro se quiserem”. Jorge Aparício, coordenador das ciclopatrulhas da PSP vai directo ao objectivo do assunto. Fala em português, mas poderia fazê-lo em inglês. Aparício é um dos 14 polícias que terminaram no final da última semana um curso intensivo de inglês feito à medida para agentes de autoridade que diariamente lidam com turistas na rua.

“Bom Jesus quer superar um milhão de visitantes”

D.Jorge Ortiga pede empenho das agências para que os turistas visitem e pernoitem na cidade”.
Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.