Volta Nacional:”Governo recusa falar em excesso de alojamento para turistas em Lisboa”

Volta Nacional:”Governo recusa falar em excesso de alojamento para turistas em Lisboa”

Público

“Governo recusa falar em excesso de alojamento para turistas em Lisboa”

O Secretário de Estado do Turismo rejeita que, ao contrário do que diz a Câmara de Lisboa, se esteja a assistir na cidade a um “crescimento exponencial” das habitações temporárias para turistas, que já são mais do que 3600. Para Adolfo Mesquita Nunes, aquilo que está a acontecer é  apenas “a formalização” de algo que já existia, mas “na economia paralela”.

Diário de Notícias

“Sobe-e-desce pelas colinas para mostrar a Lisboa reabilitada”

Pires de Lima e Mesquita Nunes percorrem as zonas históricas para mostrarem três exemplos de novas unidades de alojamento. Campanha? Ministro da Economia diz que não.

Económico

“Governo aumenta apoios às PME para investirem em novos equipamentos”

O Governo decidiu aumentar os apoios concedidos às PME para financiar a inovação produtiva, perante a enorme afluência de candidaturas, em especial no Norte do país. A concurso, para apoiar o investimento em novos equipamentos, estavam 318 milhões de euros, mas o número de candidaturas foi tão significativo que o Executivo decidiu elevar este montante para 396 milhões de euros, revelou ao Económico o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, Manuel Castro Almeida. O responsável precisou ainda que os aumentos mais significativos surgem ao nível das PME e no Norte.

“Taxas nos aeroportos de Lisboa e Porto têm aumento extra em Dezembro”

A ANA vai voltar a aumentar as taxas aeroportuárias cobradas aos utilizadores dos aeroportos nacionais. Um aumento médio de 2,93% em toda a rede traduz-se numa subida de 4,56% só no aeroporto de Lisboa, a partir de 1 de Janeiro de 2016, por exemplo. Mas as companhias que operam em Lisboa e no Porto vão ter direito a um aumento extraordinário durante o mês de Dezembro, de 5,38% e 1,90%, respectivamente, com o qual a gestora aeroportuária pretende compensar os desvios na receita cobrada por passageiro, motivada pelo aumento da procura.  “Ainda que a receita regulada, por força do aumento do tráfego, se situe acima do valor da proposta, verificam-se desvios negativos na receita unitária (por cada passageiro terminal servido)”, escreve a gestora aeroportuária do grupo Vinci na carta enviada às companhias aéreas. Nas contas da ANA, mais 626.184 passageiros no conjunto dos aeroportos traduzem-se num desvio de dois cêntimos em Lisboa, seis cêntimos no Porto e de 40 cêntimos em Faro.

“Tráfego continua a crescer a dois dígitos”

O tráfego de passageiros nos aeroportos da ANA, geridos pela Vinci Airports, continua a crescer a ritmos elevados, a dois dígitos. Entre Janeiro e Maio, o tráfego nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro e Ponta Delgada cresceu 12,5%, para 12,6 milhões de passageiros, apurou o Diário Económico. Apesar de ter sido impossível apurar dados sobre os restantes aeroportos dos Açores e da Madeira, verifica-se que a tendência de crescimento é generalizada.

“Vinci investe 275 milhões de euros em Portugal, metade na Portela”

O aeroporto da Portela vai receber cerca de metade dos investimentos que a Vinci Airports, concessionária da ANA, programou aplicar nos próximos cinco anos (até ao final de 2019) nos dez aeroportos geridos em território nacional. O aeroporto da capital irá, assim, ser alvo de um investimento na ordem dos 137,5 milhões de euros, tendo em conta que o plano total de investimento nos aeroportos da ANA no período em análise deverá ascender a 275 milhões de euros.

Negócios

“Pires de Lima cruzou a pé as colinas de Lisboa por Jessica”

O ministro da Economia juntou a equipa e decidiu passear por Lisboa. Por baixo do sol de Agosto, em visita a projectos de regeneração urbana virados para o turismo. “Este passeio nada teve a ver com campanha eleitoral”, garantiu no final de duas horas de caminho.

“Subida das taxas da ANA em Lisboa significa mais 48 cêntimos por passageiro”

A ANA justifica a subida média de 2,93% das taxas para 2016 nos aeroportos nacionais com investimentos de mais de 250 milhões de euros devido ao aumento de tráfego. A Ryanair vai contestar.

Jornal de Notícias

“ANA aumenta taxas pela oitava vez”

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.