Volta Nacional:“Airbnb vai começar a cobrar a taxa turística de Lisboa a partir de 1 de maio “

Volta Nacional:“Airbnb vai começar a cobrar a taxa turística de Lisboa a partir de 1 de maio “

jornal i

“Marvila e Beato. Lisboa é cada vez mais a oriente”

Num parte de Lisboa que durante muitos anos foi assado – de conventos e palácios, de fábricas, operários e estivadores -, borbulha um novo movimento cultural e criativo.

Correio da Manhã

“Neve leva turistas à serra da Estrela”

A neve regressou à serra da Estrela e obrigou ontem ao corte das estradas de acesso à Torre a partir dos Piornos e do Sabugueiro. O mau tempo no Maciço Central deverá manter-se até amanhã. O nevão levou muitos turistas à serra da Estrela.

Negócios

“Airbnb vai começar a cobrar a taxa turística de Lisboa a partir de 1 de Maio”

A Airbnb vai passar a cobrar directamente a taxa municipal turística sobre dormidas na cidade de Lisboa. A câmara liderada por Fernando Medina chegou a acordo com a plataforma, que é, de acordo com o vereador das Finanças, a “mais importante em número e volume de transacções ligada ao turismo”. De acordo com João Paulo Saraiva (na foto), a taxa começará a ser cobrada directamente na página da Airbnb a partir de 1 de Maio. Desta forma, sublinha o vereador, os anfitriões terão “a vida facilitada”, porque já não terão de ser eles a cobrar a taxa aos turistas que ficarem alojados nos seus quartos ou apartamentos. “Logo na transacção”, isto é, quando alguém reservar um quarto ou uma casa em Lisboa, a Airbnb “cobra e entrega ao município” a taxa municipal turística, estipulada em um euro por noite, com um limite máximo de sete euros por estadia.

Expresso
“TAP. Negociações chegam ao fim”

Terminaram as negociações com vista a fechar o acordo que devolve a esfera pública 50% do capital da empresa. Conforme o Expresso antecipou no sábado, temas como o da definição do novo acordo parassocial da companhia já foram acertados pelo Estado e os acionistas privados. Ao que Expresso apurou junto de fontes próximas do processo, não terá havido alterações significativas ao memorando de entendimento assinado em fevereiro.

“Sem estrelas nos hotéis, é a confusão total”
Os hotéis nacionais preparam-se para voltar a ser classificado por estrelas. O Governo está a analisar as propostas da Associação da Hotelaria de Portugal que representa uma viragem face à lei de dispensa de estrelas aprovada em finais do ano passado e visam tornar o sistema outra vez obrigatório. Segundo Raúl Martins, “com esta lei, em que não se exigem estrelas, qualquer empresário pode pôr à porta a placa “hotel”, e acabamos por dar este nome a coisas que não são verdadeiramente hotéis”.

“Febre da Web Summit contagia turismo criativo”
É uma “revolução” na rede pública de escolas de hotelaria e turismo, onde os alunos foram desafiados a desenvolver ideias para criar novas empresas no âmbito do Tourism Creative Factory, programa do Turismo de Portugal que nasceu com os olhos postos na conferência Web Summit, que se realiza em novembro.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.