Volta Nacional:“Aprovados mais 21 projetos turísticos no valor de 45 milhões”

Volta Nacional:“Aprovados mais 21 projetos turísticos no valor de 45 milhões”

Jornal de Negócios
“Como vai ser a nova TAP?”
A encomenda de 53 novos aviões de última geração foi a primeira novidade dada pelos novos donos da TAP. Os primeiros aviões só chegarão no final de 2017, mas o anúncio da encomenda à Airbus, feita um dia depois de concretizada a compra de 61% da empresa, sinaliza o início de uma nova vida para a TAP, não tivessem os novos donos injectado já cerca de 150 milhões de euros. Além da renovação da frota, a companhia aérea vai também apostar em novas rotas aproveitando as vantagens do «hub» de Lisboa. Para a América do Norte, a palavra-chave é expansão e entre os novos destinos contam-se Boston, Washington, Chicago, Montreal, Toronto e Hartford. Para o Brasil a estratégia passará pelo reforço de frequências e de destinos, como poderá vir a ser o caso de João Pessoa, Paraíba e Aracaju.

“Novos donos levaram palavras de ânimo à empresa”
Humberto Pedrosa e David Neeleman não perderam tempo. Um dia depois de comprarem 61% da TAP foram ao refeitório da companhia explicar a sua estratégia e motivar os trabalhadores. Na apresentação que fizeram, lembraram que a TAP sobreviveu a um ano de grandes desafios, mas sublinharam que o «investimento e a recapitalização chegaram a tempo». Trabalhadores e clientes são os dois grandes focos de David Neeleman, o norte-americano, dono da brasileira Azul.

“Uber regressa a Espanha com motoristas profissionais”
A empresa norte-americana Uber, com dificuldades legais em diversas cidades do mundo, vai regressar a Espanha quase um ano depois de ter sido considerada ilegal pelos tribunais espanhóis. A partir de agora, a Uber só permitirá cobrar o transporte a quem tenha automóveis com licença de veículo de turismo com condutor.

Jornal de Notícias
“Aliciados a deixar casas para turismo”
Moradores e lojistas do Centro Histórico estão a ser aliciados para abandonarem as frações que ocupam para o turismo. Há proprietários que oferecem parcas compensações para recuperar os imóveis, outros acenam com a oferta da renda… noutros sítios da cidade. O fenómeno coincide com o crescimento do turismo no Porto e com os primeiros anos da nova lei do arrendamento local.

“Aprovados mais 21 projetos turísticos no valor de 45 milhões”
Portugal vai receber mais 21 projetos turísticos em áreas tão diversas como o agroturismo, restauração, animação turística e, naturalmente, hotelaria. É um investimento total de 45 milhões de euros, que conta com incentivos de 20 milhões financiados pelos fundos comunitários do programa Portugal 2020. Os hotéis nada menos de nove, representam praticamente metade dos investimentos para a inovação produtiva e empreendedorismo financiados com os dinheiros do envelope financeiro da UE. Só o Porto conta com quatro projetos já autorizados, que valem mais do investimento total aprovado, 25,5 milhões de euros.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.