Volta Nacional:“TAP reforça rotas no Porto”

Volta Nacional:“TAP reforça rotas no Porto”

Vida Económica
“Agravamento da taxa de IVA na restauração foi um erro em termos económicos”
A taxa de IVA na restauração que esteve em vigor foi errada do ponto de vista económico. O primeiro ministro, António Costa, lamentou a opção tomada pelo anterior Governo: “Nos últimos anos assistimos, neste setor, à destruição de quatro mil empresas, a uma redução de 750 milhões de euros do volume de negócios e a uma perda de 20 mil postos de trabalho”.

“Quinta das Arcas desenvolve estrutura para enoturismo”

A Quinta das Arcas, produtor da região dos vinhos verdes que opera igualmente no Alentejo, pretende criar uma estrutura, no seio da empresa familiar, para desenvolver o negócio do enoturismo. Segundo Fernando Machado, enólogo da Quinta das Arcas, o enoturismo é tido ainda, na empresa, como uma atividade de charme, direcionada sobretudo para clientes ou importadores”.

Jornal de Notícias
“TAP reforça rotas no Porto”

A TAP vai manter todas as rotas que opera este verão e reforçar em 19 o número de voos para três destinos europeus, a partir do Aeroporto de Sá Carneiro, no Porto, no próximo Inverno IATA, de outubro de 2016 a março de 2017. O número total de ligações semanais será de 230, uma subida comparando quer com o serviço que tem agora, quer com o anterior Inverno IATA. Mais de metade dos voos, contudo, são da ponte aérea para Lisboa, indicam os dados enviados pela transportadora ao JN.

“Algarve e Interior sem descontos nas portagens”
O Governo decidiu congelar os descontos nas portagens das autoestradas do interior e do Algarve, depois de ter prometido que estes avançavam até ao verão. Fonte do Ministério do Planeamento confirmou ao JN que é, para já, “impossível avançar com datas” e que a redução do valor das portagens só acontecerá quando “houver condições para o fazer, em simultâneo, em todo o país”.

“Aeroporto de Bruxelas sem plano antiterror”
O aeroporto de Bruxelas, capital da Bélgica e sede das principais instituições da União Europeia está sem plano para responder a ataques terroristas como os de 22 de março passado – que fizeram 32 mortos na estrutura aeroportuária e no metro da cidade, numa ação reivindicada pelo grupo extremista Estado Islâmico – e a comunicação entre os serviços de socorro foi desastrosa, revela um relatório ontem divulgado pela Imprensa belga.

Negócios
“Vueling mantém recrutamento em Portugal”
A espanhol Vueling, que nos últimos dias foi alvo da abertura de um inquérito pelo Governo espanhol por sucessivos cancelamentos e atrasos que lançaram o caos no aeroporto de Barcelona, vai manter os planos para contratações em Portugal. E declarações ao Negócios, fonte oficial da empresa salientou: “continuamos com planos para contratar pessoal de cabine, tendo em conta que estivemos há alguns dias a celebrar o Open Day, no Porto” a 30 de junho.

“Macau paga 40 milhões pelo Casino de Tróia”
A Macau Legend Development vai pagar 40 milhões de euros pela maioria do capital e concessão do Casino de Tróia, no âmbito do plano de investimento que tem previsto para Setúbal. Num comunicado ao mercado, a empresa dedicada à área dos casinos explica que chegou a acordo com o fundo Aquarius, Amorim Turismo e a B&G para formar uma nova companhia com vista ao desenvolvimento do projecto nas duas margens do Sado.
Público
“Lisboa Destino Seguro deu as boas-vindas aos turistas no aeroporto”
Os turistas chegam e o Grupo de Metais da Banda Sinfónica da Polícia de Segurança Pública toca Lisboa Menina e Moça. Os agentes das equipas de turismo distribuem flyers em forma de sardinha em espanhol, inglês, francês ou até mesmo em mandarim. Foi com este ambiente que Guzide deixou Lisboa. Já com o flyer da sardinha da PSP na mão, diverte-se ao som da banda. Vai apanhar voo para Barcelona, antes de voltar para a Turquia. “Portugal é mesmo um país seguro. Viajámos de noite e sentimos a segurança nas ruas”, afirma. Já sobre a Turquia não pode dizer o mesmo. “A polícia tenta proteger-nos, mas não está a ser o suficiente. Queremos viajar e sentimos que são necessários mais polícias à volta dos aeroportos”, diz a turista, destacando os ataques terroristas no aeroporto de Istambul, no passado dia 28 de Junho.

“Brexit” está a despertar interesse no imobiliário português”
Após o referendo no Reino Unido, com a vitória do “Brexit”, há mais britânicos a querer saber como funciona o programa português de autorização de residência para investimentos (ARI), mais conhecido por vistos gold. Por enquanto, ainda são sondagens e serão precisos alguns meses para ver se este interesse se materializa em investimentos, mas o presidente da associação das empresas imobiliárias (APEMIP) admite que o sector pode beneficiar de alguma deslocalização de investimentos imobiliários para Portugal.

Jornal i
“Portugal tinha em 2015 204 praias acessíveis a todos”

Há cada vez mais praias preparadas para receber quem tem menos mobilidade. Em alguns ano, o número aumentou de forma considerável. No entanto, há ainda muito a fazer.

Correio da Manhã
“Turistas sofrem por dia 23 crimes em Portugal”
Nos primeiros seis meses do ano, foram cometidos 4219 crimes contra turistas em portugal, uma média de 23 por dia, entre janeiro e junho, segundo a PSP. Em causa, sobretudo, estão os furtos por carteiristas mas também os roubos violentos e as burlas de que são vitimas os turistas que circulam pelo país.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.