West Cliffs Resort contará com duas unidades hoteleiras de cinco estrelas (com fotogaleria)

West Cliffs Resort contará com duas unidades hoteleiras de cinco estrelas (com fotogaleria)

West Cliffs, Ocean and Golf Resort é o nome do mais recente resort de cinco estrelas da Costa de Prata, que inicia agora a fase de construção do seu primeiro hotel – Hotel Falésia – que deverá estar pronto no espaço de três anos, contando com 130 quartos.

Posteriormente, e de acordo com Paulo Monteiro, engenheiro responsável pela edificação do resort, deverá ser construída uma segunda unidade hoteleira, com 60 quartos, que dará pelo nome de Hotel do Pinhal. A par disso, este complexo irá ainda incluir villas e moradias, que podem ser adquiridas a partir de 300 mil euros e de 450 mil euros, respetivamente.

Ao todo, este empreendimento, que ocupa uma área de 230 hectares, possui 268 lotes que se traduzirão em 659 unidades de alojamento, 2.906 camas e, ainda, um campo de golfe de 18 buracos, projetado pela arquiteta norte-americana Cynthia Dye, que foi inaugurado esta passada sexta-feira, dia 23 de junho, juntamente com um club house. Esta cerimónia contou com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho e de Joaquim Goes, administrador executivo do fundo de capital de risco Aquarius, que pertence à Oxy Capital.

Durante a sua intervenção, o ministro da Economia realçou o caráter deste projeto que “mostra bem a confiança que os agentes têm no turismo e no golfe” e que faz com que “o golfe português esteja cada vez mais colocado como uma referência”, destacando a importância estratégica do empreendimento que contribui para “estender o Turismo pelo território”.

Por seu lado, Joaquim Goes sublinhou a importância deste tipo de resorts, que “combinando a valência do golfe com unidades de alojamento que se destacam pela proximidade à natureza podem ser um vetor estratégico da economia regional”, reforçando “o cluster de golfe nesta região” que agora se inicia.

Estendendo-se por mais de 80 hectares, este campo de golfe, o primeiro aberto em Portugal desde 2012,  oferece uma vista sobre o Oceano Atlântico em cada um dos seus 18 buracos, sendo que será o primeiro na Europa e o terceiro no mundo a receber a certificação GEO On course.

Até à data, este projeto envolveu um investimento total de 21,5 milhões de euros, de entre os quais sete milhões são relativos à área de golfe e 14,5 milhões são referentes às infraestruturas gerais do empreendimento. Dos sete milhões da área de golfe, 3,5 milhões correspondem ao financiamento no âmbito do PT2020 – Sistema de Incentivos à Inovação Empresarial.

O West Cliffs Resort é um projeto desenvolvido no ativo da Massa Insolvente da Crissier, o qual apenas foi possível devido à articulação do seu administrador de Insolvência, Jorge Calvete, e dos respetivos credores, entre os quais o Fundo Aquarius, gerido pela Oxy Capital.

 

Ricardo Ramos Gonçalves