WTTC lança diretrizes de saúde mental para ajudar na recuperação das viagens e turismo

WTTC lança diretrizes de saúde mental para ajudar na recuperação das viagens e turismo

Categoria Advisor, Política

O World Travel & Tourism Council (WTTC) lançou novas diretrizes de saúde mental para o setor das Viagens e Turismo, compiladas para ajudar empresas, de todas as dimensões, a apoiar a saúde mental dos seus funcionários.

As Diretrizes de Saúde Mental baseiam-se nas Diretrizes de Diversidade e Inclusão lançadas pelo WTTC em 2020, indo mais longe e focando-se no bem-estar mental. Tal ajudará as empresas a prepararem-se melhor para o período de recuperação após a crise de Covid-19 e garantirá que, à medida que o setor se reconstrói, volte mais forte e melhor do que antes.

As orientações chegam num momento em que a saúde mental não poderia ser mais importante. Com bloqueios, quarentenas, perdas de emprego e incertezas cada vez maiores contra o inverno, é crucial que o apoio à saúde mental tenha espaço nas conversas sobre a recuperação.

Uma pesquisa do Chartered Institute of Personnel and Development (CIPD) mostrou que mais de uma em cada 10 pessoas (95%) sente que uma ‘pobre’ saúde mental afeta o seu desempenho no trabalho, enquanto 85% dizem que é difícil concentrarem-se quando lutam pela sua saúde mental e 64% acham que demoram mais para concluir as suas tarefas.

Além disso, pesquisas conduzidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revelaram um retorno de US $4 na melhoria da saúde e produtividade, para cada US $1 de investimento em tratamento aprimorado para transtornos mentais comuns.

Assim, o WTTC compilou diretrizes de saúde mental, com o conselho das principais autoridades de saúde e líderes do setor privado, para ajudar o setor das Viagens e Turismo. A manutenção e o apoio para uma boa saúde mental devem fazer parte da cultura e estratégia de uma organização.

As Diretrizes de Saúde Mental são divididas em quatro pilares:

  • Desenvolver um sistema de apoio;
  • Criar espaços seguros;
  • Apoiar um sistema ágil; 
  • Ser um exemplo de apoio para uma boa saúde mental. 

Exemplos das diretrizes incluem:

– Fornecer suporte de saúde mental apropriado dentro da estrutura organizacional, na medida do possível. Isto pode incluir acesso a suporte profissional e especializado por meio da autoridade de saúde local e/ou da própria empresa;

– Desenvolver políticas de licenças que ofereçam concessões equivalentes para saúde mental e física, sem preconceitos;

– Desenvolver sistemas de feedback que permitam aos funcionários compartilhar se e como os sistemas atuais funcionam bem ou não para atender às necessidades da equipa;

– Fomentar um ambiente que respeite o valor do bem-estar, em todos os níveis da organização, e não exclua os que têm problemas de saúde mental comuns ou menos comuns;

– Considerar a incorporação de elementos de bem-estar intencionais no projeto de novos edifícios, escritórios, locais e/ou espaços, sempre que possível;

– Envolver-se com empresas e associações para compartilhar as melhores práticas e melhorar o apoio e a consciencialização sobre saúde mental.

Gloria Guevara, presidente e CEO da WTTC diz: “O WTTC tem o orgulho de divulgar estas importantes diretrizes de alto nível com foco no bem-estar mental, que ajudarão empresas de viagens e turismo de todos os tipos e os seus funcionários.”

O setor emprega pessoas de todas as origens socioeconómicas, independentemente de idade, sexo ou etnia, sendo quase 50% delas mulheres e até 30% jovens. Depois de quase um ano inteiro de insegurança e adversidades decorrentes da pandemia Covid-19, o momento não poderia ser mais adequado para investir no bem-estar mental deste setor”, adianta. 

Conclui que: “Além disso, por toda a sua natureza, o setor de Viagens & Turismo é aquele que traz alegria para pessoas de todas as esferas da vida, portanto, faz todo o sentido que o setor reflita esses valores também no ambiente de trabalho. Esperamos ver estas diretrizes fazerem mudanças reais na força de trabalho.”