Nova piscina aquecida e música debaixo de água é mais recente oferta do Four Seasons Hotel Ritz Lisbon

Nova piscina aquecida e música debaixo de água é mais recente oferta do Four Seasons Hotel Ritz Lisbon

Categoria Explore, Hotéis

O Four Seasons Hotel Ritz Lisbon está na lista de melhor opção para quem opte passar um ou mais dias na capital portuguesa. As vistas panorâmicas sobre as copas das árvores do Parque Eduardo VII, um bar à beira da piscina e um terraço com espreguiçadeiras e chapéus de sol fazem parte do leque de ofertas que unidades dispõe.

“Estamos entusiasmados por apresentar a nova aparência dos nossos espaços exteriores, a última peça do puzzle da renovação do nosso hotel e uma peça chave da nossa transformação num verdadeiro resort urbano. Há dois anos atrás, embarcamos em vários novos projetos, começando com o novo restaurante gastronómico Cura, quartos e suítes renovados, o terraço exterior e agora estamos a lançar a piscina exterior. O hotel é um dos locais preferidos dos locais, e Lisboa é uma cidade muito querida por muitos pelo mundo fora e tenho por isso muito orgulho em oferecer aos hóspedes uma experiência exclusiva e possibilitar mais memórias inesquecíveis quando visitam a cidade das sete colinas”, declara Guilherme Costa, director-geral do Ritz  Four Seasons Hotel Lisboa.

Segundo uma nota divulgada pelo hotel, o projeto da nova piscina da OPENBOOK Architecture teve como ponto de partida a arquitectura existente do hotel, respeitando e mantendo a identidade de um edifício classificado como Monumento de Interesse Público.

Para a nova área exterior do bar da piscina e piscina do Ritz Four Seasons Hotel Lisboa, a OPENBOOK Architecture pretendeu criar o ambiente de um “resort citadino”, e aproveitar ao máximo a ligação com Parque Eduardo VII, em que um hóspede que se encontre na piscina ou a tomar uma bebida no bar vai sentir-se no verde do parque e ser transportado para fora do ambiente urbano da cidade.

De acordo João Cortes, sócio da OPENBOOK, “o contorno orgânico da nova piscina inspira-se nos modelos iniciais do Hotel – da autoria do Arquitecto Porfírio Pardal Monteiro. O novo projeto foi desenvolvido num estilo que combina as linhas modernistas e a geometria mais formal do edifício, com uma base mais orgânica, incluindo alguns princípios que também inspiraram Burle Marx, paisagista que acompanhou Niemeyer – Uma abordagem que pretende suavizar, adoçar e garantir que a experiência do espaço esteja mais de acordo com a finalidade a que se destina”.

O bar, revestido a azulejos artesanais e de forma circular pura, permite a sua total abertura para a esplanada e zonas verdes, criando a sensação de pairar sobre o Parque Eduardo VII.

Entre as novas comodidades, os hóspedes encontrarão para melhorar um dia na piscina voltada para o sul:

  • Poltronas confortáveis e bem espaçadas, perfeitas para se bronzear, ler e tirar uma sesta à tarde;
  • Aquecida continuamente a 27 ºC;
  • Música subaquática;
  • Paisagismo enquadrado, que dá à área a sensação de um oásis com um jardim na cidade; e
  • Vistas deslumbrantes para o Parque Eduardo VII
  • Fora do horário de funcionamento da piscina, a zona circundante irá estar disponível para alugar como área de eventos, ideal para micro-weddings e recepções de eventos corporativos ou incentivos para team-building.

A unidade hoteleira conta ainda com o restaurante CURA, um “spot perfeito” para jantar. Também, a destacar estão os quartos e suites do hotel recentemente renovados pelo estúdio OITOEMPONTO que estão prontos para receberem os hóspedes.