Lourinhã promove património histórico-militar

Lourinhã promove património histórico-militar

Categoria Eventos, Explore

Com o objetivo de promover o património histórico-militar e a sua importância para o desenvolvimento turístico, a Câmara Municipal da Lourinhã irá organizar as Jornadas Históricas “Wellington e a Guerra Peninsular”, a terem lugar nos dias 19 e 20 de agosto no Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro (CIBV).
Durante dois dias, vários oradores irão refletir e debater o património histórico-militar, material e imaterial, dar a conhecer factos históricos, detalhes e curiosidades sobre a Guerra Peninsular e sobre Wellington.
Com início agendado para as 10H00 de dia 19, a sessão de abertura estará a cargo do vice-presidente da Câmara Municipal, Fernando Oliveira. Ao longo do primeiro dia, o destaque vai para temas relacionados com as Invasões em Portugal, com as Batalhas da Roliça e do Vimeiro, e com aspetos menos conhecidos da história, como o “contributo esquecido de um Almirante Russo para a Restauração da Independência de Portugal em 1808”.
A 20 de agosto, depois de uma manhã dedicada a temas de estratégia militar, armamento e fardamentos, no último painel, à tarde, vai ser dado enfoque à importância da valorização e promoção do património histórico-militar no próprio desenvolvimento do território e promoção turística.
O encerramento da iniciativa vai ficar a cargo de João Duarte de Carvalho, Presidente da Câmara Municipal da Lourinhã.
As inscrições para as Jornadas Históricas decorrem até ao dia 16 de agosto.
As Jornadas Históricas, inseridas nas Comemorações da Batalha do Vimeiro, são organizadas em parceria com a Associação para a Memória a Batalha do Vimeiro e com a Junta de Freguesia do Vimeiro. A cerimónia oficial da Batalha do Vimeiro irá decorrer no dia 21 de agosto (data em que foi travada esta Batalha, em 1808).