“2015 é a consolidação dos sinais de recuperação”

Para Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagem e Turismo (APAVT), “o ano tem corrido bem, há uma recuperação sustentada”. Este é o balanço possível até à data, admitindo que depois de 2013 termos batido no fundo, e de em 2014 ter havido um primeiro sinal de recuperação, “2015 é a consolidação dos sinais de recuperação”. À margem da apresentação do tema e logotipo do próximo congresso da APAVT, o responsável adiantou aos jornalistas que se espera que o outgoing cresça 10% face ao ano passado.E associou esta recuperação à recuperação da confiança por parte do consumidor português.
Por outro lado, o responsável sublinhou que os operadores portugueses “têm respondido com inteligência, tacto e equilíbrio”, sendo que as ofertas charter que têm sido devolvidas ao mercado são as necessárias ao aumento da procura, mas não excedentárias.

Inês Gromicho