As Escolhas de… Ruben Rua

As Escolhas de… Ruben Rua

Nasceu no Porto, a 8 de fevereiro de 1987 e cedo se iniciou como modelo. Tinha 18 anos quando foi finalista do Elite Model Look, e ainda frequentava a escola e jogava andebol mas, nesse dia, passou a sonhar com uma vida manequim internacional. E assim foi. Apesar de ser licenciado em Ciências da Comunicação, pela Universidade Nova de Lisboa, as passerelles do mundo aguardavam-no e construiu uma sólida carreira como modelo, trabalhando em Milão, Paris, Madrid, Barcelona, Tóquio, Hamburgo, Atenas e Nova Iorque. Participou nas semanas de moda de Milão e Paris, onde desfilou para nomes como Dolce & Gabbana, Valentino, Bottega Veneta, Gianfranco Ferre ou Jean Paul Gaultier. Desde 2010 que é responsável pelo departamento masculino da agência Elite Lisbon.

Areias do Seixo

Melhor Hotel Português… Areias do Seixo, Santa Cruz.
A menos de uma hora de Lisboa, a unidade respira a Natureza a plenos pulmões, cercada pelos pinheiros, as dunas e o mar, num ambiente de conforto e sofisticação. Cada um dos quartos tem uma história diferente. Areias do Seixo tem ainda um restaurante e um Spa.

Melhor Hotel Estrangeiro… The Upper House, Hong Kong.
Projetado pelo arquiteto local Andre Fu, este hotel de luxo apresenta-se com 117 quartos com vistas fantásticas sobre o porto ou a ilha. Fica no coração da zona empresarial de Hong Kong.

Melhor Restaurante Portugal… Sea Me, Lisboa.
Este não pretende ser só mais um restaurante, mas sim uma peixaria moderna com um conceito de peixe em “fine-dining”. Fica na rua do Loreto e está aberto para almoços e jantares.

Melhor Restaurante Estrangeiro… Gonpachi, Tóquio.
É um restaurante temático japonês inspirado num armazém (kura) japonês, assemelhando-se a um parque temático.

Um vinho que aconselhe… Casal Garcia
O Casal Garcia nasceu em 1939, num ano em que a vindima foi particularmente boa. O vinho nasceu na Quinta da Aveleda, em Penafiel, e tem uma cor transparente e uma frescura evidente.

Um livro a não perder… “Podes Ser Tudo”, de Ruben Rua.
Esta é uma história cheia de cor e contrastes que decorre entre Lisboa, Porto, Paris, Milão, Nova Iorque ou Tóquio, entre as passerelles de nomes como Jean Paul Gaultier e os momentos de solidão e questionamento interior, entre a emoção de fotografar com a diva Monica Bellucci e acabar a dormir, nesse mesmo dia, num sofá de molas emprestado.

Uma música que o tenha marcado… “Burnin’ and lootin’”, de Bob Marley.

Um filme memorável… “Mommy”, de Xavier Dolan.
Um filme canadiano de 2014 com Anne Dorval, Antoine-Olivier Pilon e Suzanne Clément, que conta a história de uma mãe com um filho adolescente por vezes violento e que se esforça por controlar o seu comportamento num futuro hipotético no qual os pais têm a opção legal de internar jovens problemáticos em hospitais públicos.

Artista preferido… Jackson Pollock.
Um pintor americano importante no movimento expressionista abstrato.

Praia da sua eleição… Ses Salines, Ibiza.
A praia mais conhecida de Ibiza, com dunas brancas e águas azul-turquesa.

A melhor cidade do mundo… “Porto, a minha”.

A última viagem que fez… Paris.

A próxima viagem que fará… “Por definir”.

O que nunca se esquece de levar consigo quando viaja…“Máquina fotográfica”.

Este artigo foi publicado na edição 296 da Ambitur.