Sir Bani Yas e Cuba são novidades da MSC Cruzeiros para o inverno 2016/2017

Sir Bani Yas e Cuba são novidades da MSC Cruzeiros para o inverno 2016/2017

A ilha Sir Bani Yas e um novo navio para Cuba são as grandes novidades dos itinerários de inverno de 2016/2017 da MSC Cruzeiros, desvendadas ontem, dia 12, pelo diretor da companhia em Portugal, Eduardo Cabrita, em conferência, no Hotel Real Palácio.

Existem três rotas para o Dubai, “um deles com a ilha Sir Bani Yas” referiu Eduardo Cabrita, um “oásis de praia” exclusivo da MSC Cruzeiros, que vem enriquecer o inverno deste ano. Com uma extensão de terra de 1.5 milhas junto à costa sudoeste de Abu Dhabi, com centenas de palmeiras, cabanas e mais de 2.000 cadeiras ao sol, proporciona “uma experiência de férias de praia autêntica”. As reservas já se encontram disponíveis e o primeiro itinerário da temporada de inverno tem início a 3 de dezembro, a bordo do MSC Fantasia.

O diretor da companhia em Portugal revelou também que tem havido “uma maior procura do que poderiam pensar” do mercado português, sobre o itinerário no Dubai.

Neste destino a MSC oferece atividades para todos os gostos. Os clientes tanto podem descansar na praia, como praticar atividades mais orientadas para a ação, como uma experiência 4×4 ou sessão de ciclismo na montanha. A ilha é também “uma das maiores reservas de vida selvagem da região”, com um Parque de Vida Selvagem Árabe, situado na ilha principal e que poderá ser visitado. Também decorrem neste local, escavações arqueológicas, o que pode ser interessante para descobrir mais sobre a história e cultura da ilha.

Com cruzeiros de 7 a 14 noites, é possível o embarque no Dubai a bordo do MSC Fantasia, com itinerários com escala em Sir Bani Yas, Bahrain, Doha, Khasab, Khor Fakkan e Muscat. Para os Portugueses que pretendam conhecer os Emirados, está disponível um pacote que inclui o cruzeiro e os voos Lisboa/Dubai/Lisboa, com a Emirates, a partir de 839 euros, já com transferes incluídos.

A MSC sugere ainda umas férias em cruzeiros de 7 noites, em Cuba. Um itinerário lançado no ano passado, mas que este ano tem uma novidade: um novo navio. “Este inverno vamos colocar dois navios em operação. Tivemos um no ano passado”. A bordo do MSC Opera e MSC Armonia, é possível viajar pelo Mar das Caraíbas e desfrutar de novos itinerários que passam pela Jamaica, Ilhas Caimão, México, Belize, Honduras e Havana. Está disponível a partir de novembro deste ano, até abril de 2017.

O MSC Opera vai fazer, este ano, a sua segunda temporada Cubana, oferecendo cruzeiros de Havana para Montego Bay, na Jamaica, Georgetown, nas ilhas Caimão, Cozumel, no México e regressando de seguida a Havana. Após a temporada de Inverno o navio ficará a navegar itinerários de sete noites ao longo de todo o ano de 2017 pelas Caraíbas, com partidas e chegadas à capital Cubana.

Por outro lado, o MSC Armonia vai levar os viajantes num primeiro itinerário até à Cidade de Belize, antes de seguir para as praias de areia branca e para os recifes de coral da Isla de Roatan nas Honduras, de seguida até à Costa Maia no México e finalmente até uma experiência na praia das Caraíbas em Isla de la Juventud em Cuba. Depois, regressa a Havana.

No segundo itinerário o navio vai proporcionar aos passageiros uma viagem até aos cenários de Montego Bay, na Jamaica, fazendo depois escala em Georgetown, nas praias das Ilhas Caimão e ainda em Cozumel, na Península Mexicana de Yucatan, dando a conhecer algumas das ruínas Maias existentes, antes de regressar de novo à Capital Cubana.

De acordo com Eduardo Cabrita, esta “é uma aposta forte”, que torna os itinerários “bastante ricos porque os navios estão dois ou três dias em Havana”.

Os passageiros que pretendam realizar um destes itinerários, podem ainda desfrutar das vantagens dos pacotes especiais de cruzeiro e voo incluído da companhia. Com saídas de Lisboa os voos encontram-se disponíveis com ligação ao porto de Havana via Madrid, em parceria com a AirEuropa.

“Pensamos que será um destino vencedor. Temos aqui uma mais-valia, porque além do pacote completo com avião, temos um destino com cruzeiro que mais ninguém tem”, reforçou o diretor da companhia em Portugal.

Espera ainda que “o ‘boom’ [de vendas] comece agora com o Roadshow”, até porque “foi exatamente o que aconteceu o ano passado depois da divulgação”. Além disso, referiu que este ano, começaram a temporada mais cedo.