Volta Nacional: “Turismo militar em Israel oferece simulação de atentados ou julgamentos do Hamas”

Volta Nacional: “Turismo militar em Israel oferece simulação de atentados ou julgamentos do Hamas”

Público
“Turismo militar em Israel oferece simulação de atentados ou julgamentos do Hamas”
Uma visita ao Mar Morto, uma prova de vinhos e uma simulação de um atentado terrorista. Cada vez mais os turistas procuram actividades diferentes, e a experiência de Israel a lidar com terrorismo põe o país numa posição especial para ter uma oferta diversificada: de simples carreiras de tiro para aprender a disparar, até simulações de complexas operações de resgate de reféns de voos desviados, passando mesmo por programas que prometem “observar um julgamento de um terrorista do Hamas num tribunal militar isarelita”.

Jornal i
“Alojamento local. Berlim já proíbe, mas há muitas outras cidades a limitar a oferta”
Há várias cidades europeias a apertar o “cerco” à oferta de alojamento local, colocando fortes entraves às mais variadas plataformas que disponibilizam este tipo de serviços. Controlar o número de turistas e, acima de tudo, dinamizar o mercado de arrendamento para combater a falta de casas a preços acessíveis para os residentes são alguns dos objetivos destas restrições.

“Saturação. Tutela e responsáveis do setor têm opiniões controrárias sobre alojamento local”
Apesar das várias vozes contra a explosão do alojamento local, a secretária de Estado do Turismo admitiu, em entrevista ao i, que “estamos longe de estar em situações extremas ou perta da saturação” em matéria de alojamento local. Ainda assim, desde o ano passado que Ana Mendes Godinho tem estado a ouvir autarquias e associações para perceber que alterações podem ser feitas a esta oferta.

“PS mantém projeto contra vontade de António Costa”
O PS vai manter o seu projeto-lei sobre o alojamento local, apesar de António Costa estar contra. A notícia de que o grupo parlamentar socialista não iria levar o projeto a discusão por causa da oposição de António Costa saiu ontem no Público, mas foi desmentida pelo grupo parlamentar socialista.

Jornal de Negócios
“Novo sistema de controlo aéreo derrapa para o final do ano”
A substituição do sistema de controlo de tráfego aéreo da região de informação de voo (FIR, na sigla inglesa) de Lisboa, que abrange todo o território continental e também os aeroportos da Madeira, foi considerada, em fevereiro, como a “principal prioridade” da empresa que gere a navegação aérea em Portugal, a NAV. Porém, o processo, embora em “fase de conclusão”, está a ser sujeito a uma “análise jurídica, técnica e operacional” das alterantivas existentes no mercado. A decisão deverá chegar “até ao final do ano”, de acordo com a empresa.

“Aumento dos movimentos por hora em Lisboa só com novo sistema”
O atual sistema, desenvolvido pela própria NAV, é considerado como estando já perto do seu limite operacional. O diretor da EasyJet para Portugal, José Lopes, dizia em junho ao Negócios que “é realmente importante” que se implemente um novo software, porque com o atual não é possível expandir a capacidade de 40 movimentos (aterragens ou descolagens” por hora.

“Bruxelas aceita venda da Momondo”
A americana Priceline, dona do plataforma de reservas Booking, recebeu luz verde da concorrência europeia para comprar a Momondo.

Diário de Notícias
“Aldeias finalistas já sonham com o aumento do turismo”
O crescimento do turismo e do comércio é a grande ambição de Sistelo, em Arcos de Valdevez, e Paderne, em Albufeira, que ganhou força com o estatuto de finalistas das 7 Maravilhas de Portugal. Estas duas aldeias juntam-se a Santa Clara-a-Velha, em Odemira, e Dornes, em Ferreira do Zêzere, também já apuradas para a gala final, que se realiza a 3 de setembro

“Obras: estação de Arroios fecha amanhã e só reabre em 2019”
A estação do metro de Arroios, em Lisboa, vai encerrar amanhã para obras de reabilitação, perspetivando o Metropolitano de Lisboa que seja reaberto em 2019.

Jornal de Notícias
“Porto. Expansão espera aval das Finanças”
Só falta o aval do Ministério das Finanças para que a Metro do Porto possa lançar o concurso público para a execução dos projetos da Linha Rosa, no Porto, e do prolongamento da Linha Amarela a Vila d”Este, em Gaia. O Ministério do Ambiente já autorizou o plano de expansão da rede, mas, sem a portaria de extensão de encargos do ministério de Mário Centeno, a empresa não pode avançar com a escolha dos projetistas que desenharão as duas ligações.

“Estação de Modivas deve abrir até ao final do mês”
A nova estação de metro, junto ao Vila do Conde Fashion Outlet, em Modivas, naquele concelho, “deve abrir até ao final do mês”. A informação é da Metro do Porto, estando os trabalhos em curso.

“Reduzidas visitas ao património de Rendufe”
O Mosteiro de Santo André de Rendufe, em Amares, viu, este ano, as visitas reduzidas para metade dos meses e, além de ter estado fechado em junho, também não vai abrir em setembro, como era habitual.

Correio da Manhã
“Hotelaria. Mais ocupação”
A maioria dos hoteleiros nacionais espera uma taxa de ocupação superior a 80% neste verão, “bastante superior a 2016”, segundo o inquérito da Associação da Hotelaria de Portugal “Pespetivas verão 2017”.

“CoolJazz leva festa a Oeiras”
Depois de um fim de semana cheio de música, com o Super Bock Super Rock, em Lisboa, e o Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia, hoje é a vez de Oeiras voltar a ser o palco do CoolJazz, que este ano assinala já a sua 14.ª edição.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.