APAVT apoia decisão do Governo para a greve dos motoristas

APAVT apoia decisão do Governo para a greve dos motoristas

A Associação das Agências de Viagens (APAVT) mostrou o seu apoio à decisão do Governo relativa à definição dos serviços mínimos na greve dos motoristas. Em comunicado, a entidade diz que se “regozijou” com o decreto de serviços mínimos entre 50% a 100%, no caso da greve dos motoristas de transportes de matérias perigosas, “sobretudo pelo facto de, finalmente e ao contrário de anteriores momentos, se sublinhar a importância do turismo, se defender os direitos – que devem ser protegidos – dos portugueses que marcaram e pagaram férias, e, finalmente que se decida que o aeroporto é uma infraestrutura cuja atividade não pode ser afetada em nenhuma medida”.

A APAVT manifesta ainda a esperança, e mais do que isso, a convicção, de que um padrão de resposta terá sido desenhado para o futuro, certos de que, concretamente, a necessidade de defender o integral  funcionamento do aeroporto, não depende de quem marca a greve, antes decorre, entre outros aspectos, da necessidade de proteger convenientemente os interesses dos portugueses que viajam, em férias ou em trabalho.