Autoridade do Turismo de Malta marca presença na BTL 2019

Autoridade do Turismo de Malta marca presença na BTL 2019

Categoria Advisor, Associativismo

Malta assegura presença na próxima edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), sendo a primeira vez que este destino turístico estará presente na maior feira de turismo nacional.

Durante os dias da BTL, que decorre de 11 a 17 de março, a Autoridade do Turismo de Malta irá dar a conhecer a todos os visitantes as últimas novidades do destino, assim como, disponibilizar o programa com as atividades culturais e turísticas que serão implementadas ao longo do ano. Este programa estará disponível para os diferentes públicos que visitam a feira.

Carlo Micallef, vice-presidente e diretor de Marketing da Autoridade do Turismo de Malta, afirma: “Para nós, esta presença na 31.ª edição da Bolsa de Turismo de Lisboa é extremamente importante uma vez que consideramos o mercado português um dos mais relevantes para Malta. Esta será a nossa estreia na BTL e estamos muito confiantes com esta aposta. A BTL é a principal feira de turismo em Portugal e, em 2018, entre janeiro e novembro, o número de turistas portugueses cresceu 118,4% no nosso país, em comparação com 2017. Este número é realmente impressionante. É relevante referir que este crescimento se deve em parte aos voos diretos entre Lisboa e Malta, implementados pela Air Malta em maio do ano passado. Também estamos muito entusiasmados com a promoção do nosso destino entre os principais Operadores Turísticos e Agentes de Viagens representados na BTL. Esperamos poder desenvolver muitas parcerias de sucesso durante os dias dedicados ao Trade.”

“O nosso objetivo é promover um destino repleto de cultura, lazer e animação. Em poucas horas de voo, os portugueses podem descobrir um leque de oferta que abrange quase todo o tipo de público, desde os mais jovens aos mais exigentes”, acrescenta ainda Carlo Micallef.

A Autoridade do Turismo de Malta faz um balanço muito positivo relativo ao crescimento do número de turistas no ano passado, apesar de ainda não estar apurado o número final de visitantes. Os principais fatores apontados para o crescimento são o facto da cidade de Valleta ter sido Capital Europeia da Cultura e a implementação de voos diretos a partir de algumas cidades, como o caso de Lisboa, com companhias aéreas como a Air Malta ou Ryanair.

Em relação a 2017 houve um aumento de 14,5% do número total de visitantes de todo o mundo, alcançado Malta os 2,5 milhões de turistas. O Reino Unido continua a ser o principal mercado turístico deste país, representando 24,7% dos visitantes, seguidos por Itália, com 15%; Alemanha, com 8,7%; e França, com 8,3%.