Convento de São Francisco traz nova dinâmica e confirma escassez de hotéis na cidade

Convento de São Francisco traz nova dinâmica e confirma escassez de hotéis na cidade

Categoria Advisor, Política

Aberto muito recentemente, desde o passado dia 8 de abril, o Convento de São Francisco, em Coimbra, trouxe já mudanças à cidade. Na apresentação do “Vê Portugal – 3º Fórum Turismo Interno”, que decorreu, hoje, em Lisboa, a vereadora da Câmara Municipal de Coimbra, Carina Gomes, explicou que “já se nota claramente uma ampliação das zonas mais tradicionais de sociabilidade na cidade, portanto, nota-se que toda a zona em torno do Convento é agora uma área onde as pessoas passeiam, o que não acontecia”. Afirmando que todos os espectáculos promovidos desde a sua abertura “têm tido casa cheia”, a responsável dá ainda conta do aumento da afluência à restauração e hotelaria em torno do Convento.

Segundo Carina Gomes, “Coimbra precisa, obviamente, de mais unidades hoteleiras. Nós já prevíamos que esta situação fosse ocorrer, felizmente temos três projetos aprovados na Câmara Municipal e portanto esperamos que o mercado responda favoravelmente e em tempo a estas dinâmicas geradas pelo Convento de São Francisco”.

Até ao final de 2017, o Convento de São Francisco tem já confirmados 30 congressos nacionais e internacionais. Segundo a responsável, neste espaço será integrado o “Coimbra Welcome Center”, um local que o município pretende que passe a ser “o ponto de partida para a visita à cidade, de modo a que as pessoas passem a conhecer todas as atrações da cidade e que não façam apenas os tradicionais roteiros”.

O Convento de São Francisco tem capacidade para acolher eventos com mais de cinco mil pessoas. Equipado com tecnologia de ponta, o espaço conta com um auditório com capacidade para 1125 pessoas e com várias salas de reuniões com capacidade de acolher entre 100 e 600 pessoas.

Raquel Pedrosa Loureiro