Programa de Hosted buyers da BTL com enfoque na oferta hoteleira nacional

O programa de hosted buyers da BTL conta, na edição deste ano, com um maior número de hotéis parceiros. Às já habituais parcerias com o Hotel Mundial e grupos Sana, Dom Pedro, Altis, Tivoli, Turim, Pestana e VIP, juntaram-se, em 2016, os hotéis Sheraton, Corinthia, Marriott, Intercontinental e Lutécia.

Em declarações ao Ambitur.pt, Luís Santos, diretor comercial do grupo Turim, afirma que a parceria com o programa de hosted buyers da BTL é “essencial” e “prestigia não só o principal evento, a BTL, como dá a oportunidade de uma maior e mais consistente promoção do destino e dos produtos”. Para o responsável, uma das vantagens é dar aos hotéis “acesso a inúmeros potenciais interessados no destino e no produto que se promove, que de outra forma seria mais difícil identifica-los”.

Para Pedro Ribeiro, responsável do grupo Dom Pedro, esta é, hoje em dia, “a ferramenta mais importante da BTL”. Marcando presença, não só com stand na feira, mas também pela organização “da já tradicional festa Dom Pedro Hotels na noite de quarta-feira”, o grupo considera que esta é uma parceria que permite “ mostrar o nosso produto parar que eles o possam vender”. “Trata-se de um programa que permite um aumento de notoriedade e de distribuição de Lisboa como destino turístico. Trazer um elevado número de buyers, desde que devidamente qualificados, é uma forma de promoção muito positiva e com repercussões na venda do destino”, acrescenta Pedro Ribeiro. Também Miguel Cymbron, responsável do VIP Hotels, afirma que o “programa de hosted buyers é a grande mais valia da BTL, pelo que consideramos que deveremos apoia-lo para que se mantenha forte”. “A principal vantagem é poder mostrar os nossos hotéis a potenciais compradores, para além termos a possibilidade de reunirmos com eles”, afirma o responsável, acrescentando que “é muito importante trazer parceiros de negócio a Portugal, mostrar-lhes o que temos para oferecer e dar-lhes a possibilidade de reunirem com o trade, de forma a assegurar que estas viagens se materializam em negócios. No caso da BTL, tem a vantagem de estar tudo concentrado num único espaço, o que potencia tudo o que acima foi mencionado”.

Uma opinião também partilhada por Susana Martins, diretora de vendas e marketing do Corinthia Hotel Lisbon. Ao Ambitur.pt, a responsável afirma que “se trouxermos as pessoas certas a conhecer o hotel e o destino, com o potencial de influenciar o negócio nos vários segmentos (MICE ou Lazer) as vantagens surgirão no futuro através da confirmação de negócio”. “Achamos fundamental que os principais “players/buyers” nos vários mercados internacionais conheçam bem a nossa oferta para nos poderem vender com conhecimento de causa”, acrescenta.

Para Susana Martins, “a BTL é a única feira que existe em Portugal e a concorrência a nível internacional é grande, por isso é importante dar o nosso contributo para que ela seja o mais bem sucedida possível. Ao ser parceiro do programa ”hosted buyer” o hotel terá a possibilidade de receber pessoas chave que intervém no processo de promoção de Lisboa e por consequência do hotel”.

É também na “tentativa de captar novos clientes” que os Tivoli Hotels & Resorts são parceiros do programa. De acordo com Filipe Santiago, responsável do grupo, esta parceria “representa uma oportunidade de promover a Tivoli Hotels & Resorts não só nos mercados internacionais tradicionais, mas também em novos mercados que pretendemos atrair. Este ano a nossa aposta vai para a Alemanha, Reino Unido, França, Brasil, Benelux, Escandinávia, Canadá e Estados Unidos, com maior foco no segmento MICE”. “Através do Hosted Buyers pretendemos reunir o interesse de um grande conjunto de compradores internacionais interessados na experiência memorável que um grupo com mais de 80 anos de experiência como o Tivoli é reconhecido por oferecer, sobretudo agora que integra o internacionalmente reconhecido Minor Hotel Group”, acrescenta.

Filipe Santiago considera ainda que “participar no programa permite-nos efetivar contactos com clientes e potenciais clientes de todo o mundo, apresentar os nossos produtos, bem como fechar negócios, num ambiente que nos possibilita consolidar relações.

Ana Caetano, Public Relations Manager do Lisbon Marriott Hotel afirma que, “numa época em que Lisboa está definitivamente “na moda” a associação a este programa dá-nos visibilidade adicional aproximando-nos dos clientes finais em conjunto com os restantes patrocinadores do programa, nomeadamente, TAP e Turismo de Lisboa”. Para a responsável, o programa que é desenhado para os hosted buyers em Portugal “é bastante atractivo. Fácil, interessante e equilibrado no que respeita à promoção do destino e oportunidades de negócio”.

Para os hotéis, o programa de hosted buyers da BTL começa com a cedência de alojamento para os compradores internacionais que, o que dá a oportunidades às unidades, segundo Filipe Santiago, “de dar a conhecer mais de perto o nosso conceito de hotelaria baseado na oferta de um conjunto de serviços que procuram proporcionar mais do que uma noite de hotel, uma experiência”. O network e reuniões que se efetivam durante a feira são outros dois pontos importantes que este programa alavanca.

Para Luís Santos, “se pudermos dizer que a parceria começa logo no momento em que esses potenciais Hosted Buyers têm conhecimento do evento, o seu términus estará no “infinito” considerando que será o principio de uma relação comercial que deverá perdurar por muitos anos, em prol do nosso negócio mutuo”.

Raquel Pedrosa Loureiro