Trabalhadores do grupo Tivoli entregam petição no Tribunal da Relação de Lisboa

Categoria Alojamento, Business

Um grupo de trabalhadores da Tivoli Hotels & Resorts vai entregar amanhã, dia 7 de Outubro, às 11h30, no Tribunal da Relação de Lisboa, uma petição, que apela à rápida conclusão dos Processos Especiais de Revitalização (PER) que se encontram em curso. O documento foi assinado por dois terços dos mais de 1.100 trabalhadores, que manifestam desta forma a sua preocupação com o futuro da empresa no caso deste plano não avançar.

Aprovado por mais de 99% dos credores, o plano de recuperação dos Hotéis Tivoli prevê a continuidade da atividade e do crescimento da marca. Assegura o futuro de mais de 1.100 famílias que dependem diretamente deste grupo hoteleiro com mais de 80 anos de história.

António Leitão, colaborador dos Hotéis Tivoli desde 1970 e um dos signatários desta petição, afirma que “o objetivo é sensibilizar os tribunais para a urgência de concluir este processo. O futuro da empresa e dos seus trabalhadores só depende da aprovação deste PER. Acreditamos que a marca tem todas as condições para continuar a ser uma referência no setor do Turismo em Portugal”.

O grupo de trabalhadores que irá entregar a petição é encabeçado por António Leitão, 60 anos, José Duarte, 53 anos, Sofia Moreira, 31 anos, e Beatriz Sadio, 30 anos, que representam os colaboradores da empresa em Portugal que assinaram a petição.