Transavia quer crescer 30% na capacidade em Portugal em 2016

Transavia quer crescer 30% na capacidade em Portugal em 2016

Categoria Business, Transportes

A Transavia está a reforçar a sua operação em Portugal, ambicionando um crescimento de 30% na capacidade para atingir os 2 milhões de passageiros em 2016. Com um total de 24 rotas (das quais, seis novas) e 179 frequências por semana este Verão, a companhia low-cost do Grupo Air France-KLM quer ainda intensificar o segmento de negócios para os 15% (de 10% em 2015). Na primeira visita ao Porto enquanto Chief Executive Officer da Transavia, para apresentar as ambições estratégicas da companhia no país, Nathalie Stubler afirmou: “a maior intensidade de horários e frequências em 2016 faz parte de uma proposta mais conveniente e flexível para todos os nossos clientes em Portugal”. Mais, a partir de 9 de Maio, a rota Porto-Paris terá 4 voos diários, tornando-se a 1ª em tráfego em toda a rede da Transavia.

De facto, prosseguiu a CEO da Transavia, “os nossos novos horários em rotas como a (histórica) Porto-Paris permitirá a um passageiro de negócios chegar a Orly às 09h05 e passar um dia inteiro de trabalho em Paris – ou, no sentido contrário, chegar às 21h40 e passar uma noite e o dia seguinte no Porto”. Ao mesmo tempo, “as nossas três novas rotas para Munique, a nossa nova base fora de França e da Holanda, atrairá novos passageiros de todos os segmentos, incluindo de negócios”; por outro lado, os passageiros que pretendam conforto ou serviço extra, acrescentou Nathalie Stubler, “podem optar pela nossa tarifa de topo, a Max, que permite escolher qualquer um dos lugares disponíveis, despachar bagagem até 30 quilos e mudar o voo ou o nome do passageiro até duas horas antes da partida”.

Globalmente, a Transavia estima um aumento de 25% no número de lugares disponíveis. Com nove novos Boeing B737-800, a frota total ascende a 63 aeronaves. “Consequentemente, além do crescimento robusto de rotas em Portugal, o nosso primeiro mercado para França e segundo globalmente, as 35 novas rotas incluem 19 de/para Munique, 13 de/para Paris e 3 de/para Amesterdão”, enfatiza a CEO da Transavia.