Grupo Europcar tem nova CEO

Grupo Europcar tem nova CEO

Categoria Inside, Quem é Quem

caroline ParotO Conselho de Supervisão do Grupo Europcar anunciou hoje a nomeação de Caroline Parot para o cargo de CEO, com efeitos imediatos. Caroline Parot sucede a Philippe Germond, com o mandato de acelerar a implementação da estratégia do Grupo para tornar a Europcar líder em soluções globais de mobilidade.

Caroline Parot, que ingressou na Europcar em 2011, é membro do Conselho de Administração desde que foi criado, em março de 2015, e foi recentemente nomeada Diretora-Adjunta. Desde que ingressou na empresa, Caroline Parot tem desempenhado um papel crítico na transformação da Europcar, iniciada em 2012, assim como no forte desempenho financeiro, demonstrando a robustez do modelo de negócio do Grupo.

Jean-Paul Bailly, presidente do Conselho Executivo Europcar, afirmou: “Philippe Germond teve um papel decisivo na liderança da concretização do IPO bem-sucedido da Europcar, em junho de 2015, e no regresso a uma forte rentabilidade do Grupo. O Conselho de Administração está-lhe muito grato pelo seu envolvimento neste movimento estratégico. Gostaríamos de lhe agradecer e desejar o melhor para o futuro, tanto profissionalmente como pessoalmente. Hoje, a Europcar entra numa nova fase de aceleração da sua implantação estratégica e estamos confiantes de que Caroline Parot irá liderar o Grupo Europcar para o sucesso”.

Caroline Parot disse: “Estou orgulhosa por abraçar este novo papel e decidi, juntamente com os meus colegas do Conselho de Administração, as equipas de liderança, todos os funcionários e a nossa rede internacional por forma a acelerar a próxima fase da nossa profunda transformação. O meu objetivo é alimentar a nossa liderança com maior eficiência, investimentos mais fortes e diversificação mais ampla para o benefício conjunto dos nossos clientes, funcionários e acionistas. Como líder europeu, a Europcar antecipa as tendências do mercado, responde às necessidades dos nossos clientes e proporciona inovação contínua no sector da mobilidade, que é tão importante”.