Airmet mantém tendência de crescimento em 2015

Airmet mantém tendência de crescimento em 2015

Apesar de não ter registado um crescimento tão grande como o verificado em 2014, a  Airmet voltou a aumentar as suas vendas em 2015 . Em entrevista ao Ambitur.pt, Paulo Mendes, diretor-geral da Airmet, afirma que o grupo conta agora com mais 20 balcões do que em 2014, tendo registado um aumento de 9% na faturação média por ponto de venda. “Não crescemos tanto como no ano passado, no entanto, mantém-se a tendência de crescimento dos últimos anos, com exceção de 2012 que tivemos uma grande quebra na faturação “, explica o responsável.

Reafirmando que a missão da Airmet é tornar-se “no maior grupo de agências de viagens em Portugal”, Paulo Mendes admite que existe ainda “um longo caminho a percorrer”, mas que estão a ser dados “passos firmes e concretos para que a marca continue a crescer”. “Quando começámos em 2006 tínhamos só 50 postos de venda, hoje em dia já temos 262”, assevera.

Segundo o responsável, a Airmet tem “uma estratégia, desde o início, concentrada na qualidade dos serviços que prestamos ao cliente final, que é a agência de viagens.  Tentamos criar soluções para que as nossas agências sejam cada vez mais competitivas no mercado, que tenham maior capacidade de resposta e, como é óbvio, que ganhem mais dinheiro porque o objetivo também é aumentar a rentabilidade das mesmas”. A nível de empresa, afirma Paulo Mendes, “continuamos a ser ambiciosos , queremos crescer e voltar a ter os crescimentos que tivemos nos últimos anos, mantendo-nos num grupo de referência em Portugal”.

Em 2015, e no top dos destinos mais cobiçados pelos portugueses, estiveram o Algarve, Cabo Verde, Brasil e Caraíbas , tendo-se registado também uma”procura bastante interessante” pelas Grandes Viagens. Face à conjuntura, os destinos do Médio Oriente e Norte de África registaram quebras face ao ano passado. Paulo Mendes destaca ainda o crescimento registado na hotelaria.