Ambiente 2020: “O canal Horeca tem um grande potencial”

Ambiente 2020: “O canal Horeca tem um grande potencial”

Categoria Agenda, Inside

A Ambiente é a maior feira mundial de bens de luxo e de consumo que, “simplesmente acrescentam um toque de beleza às nossas casas”, e começa hoje, até 11 de fevereiro,em Frankfurt. Nicolette Naumann, vice presidente do certame, explicou à Ambitur os motivos que a tornam “obrigatória” a todos os profissionais da indústria e a aposta no setor Horeca.

Nicolette Naumann

Os bens de luxo e consumo começaram a ser comercializados, em Frankfurt, no coração da Europa, há 800 anos e, no final dos anos 40, tornou-se tradição apresentá-los nas feiras internacionais de primavera e outono. Em 1990, a Frankfurt Spring Fair passa a chamar-se Ambiente, acompanhado assim uma “tradição secular”. A Ambiente divide-se em três grupos de produtos: Dining, Living and Giving, abrangendo “toda uma gama de bens de consumo associados a decoração, design de interiores, mobiliário, moda, culinária, lazer e presentes”, enumera Nicolette Naumann.

A vice presidente da Ambiente descreve o evento como “uma fonte inesgotável de tendências e produtos e ideias inovadoras” cada vez mais importante face às “tendências atuais do estilo de vida”. Além disso, Nicolette Naumann defende que “para sobreviver como retalhista hoje em dia, a escolha das linhas de produtos é um fator crítico de sucesso” e a Ambiente é “extremamente útil para permitir que pequenos e médios retalhistas insiram as suas linhas nas tendências globais”.

Este ano, a Ambiente contou com 4.460 expositores de 92 países, entre 81 de Portugal, e atingiu o recorde de 136.081 visitantes de 167 países. A vice presidente afirma que “ainda estamos a receber participações”, no entanto, “acreditamos dar as boas-vindas a cerca do mesmo número de expositores” portugueses e internacionais.

O crescimento mundial da hospitalidade
Nicolette Naumann reconhece que “não é segredo que o mercado europeu da indústria de bens de consumo é muito grande e saudável mas chegou a um ponto em que quase não há mais potencial de crescimento”. Já a “hospitalidade é um setor em crescimento mundial e já há muito tempo percebemos que o setor Horeca tem um grande potencial”, pelo que a Ambiente continua a expandir a sua oferta em hotelaria e em 2020 inaugura o novo HoReCa Hall 6.0.

A tendência da sustentabilidade
Uma “mega tendência” é a sustentabilidade que, segundo a responsável, “continua a ser um conceito difícil de definir que pode significar produção ecológica, comércio justo ou condições de trabalho justas”, exemplifica.

A realidade é que “os consumidores são mais conscientes e críticos no seu comportamento de compra”, procuram consumir menos mas com maior qualidade, saber a origem do produto, o método de produção, os materiais utilizados e o nível de responsabilidade social associado, o que apresenta “novos desafios” ao setor.

A Ambiente já arranjou forma de responder ao desafio e disponibiliza o Ethical Style Gide, durante o evento, com “transparência sobre os recursos de um produto e destaque dos benefícios das cadeias de valor sustentáveis”.

Rita Inácio, publicado na edição 326 da Ambitur