APAVT apela à urgência de se alcançar um acordo global entre Governo e Groundforce

APAVT apela à urgência de se alcançar um acordo global entre Governo e Groundforce

Categoria Advisor, Associativismo

O gabinete do Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, emitiu esta quarta-feira, 21 de julho, um comunicado, no qual assegura que “estão reunidas as condições para uma resolução definitiva da instabilidade que se vive na empresa (Groundforce), o que indicia o fim da greve”. Apesar desta declaração dar esperança ao setor do turismo, a APAVT (Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo) não deixa de fazer notar a “urgência de se alcançar um acordo global entre as partes”, apelando, por isso, à “celeridade do processo de pagamento aos trabalhadores” da Groundforce.

“É preciso colocar um ponto final na angústia de milhares de passageiros, agências de viagens e todos os demais parceiros da indústria turística que, em particular na atual situação económica, estão assim prejudicadas, sem as condições que lhes permitam o início da recuperação da sua atividade e da economia nacional”, apela, num comunicado, a APAVT.