BDR: “O nosso propósito é servir o mercado com soluções de comunicação sustentáveis”

BDR: “O nosso propósito é servir o mercado com soluções de comunicação sustentáveis”

Categoria Business, Empresas

Sendo o propósito “algo genuíno, a essência de uma marca, uma característica de dentro para fora”, Bárbara Magalhães, administradora e diretora comercial da empresa BDR – Bandeiras e Mastros, não hesita em frisar que “comunicar o propósito passou a ser uma missão do marketing nas marcas”. E adianta que “não podemos esquecer que as marcas são verdadeiras influenciadoras de comportamentos na sociedade e catalisadoras de mudanças”.

Sendo assim, e enquanto marca, a BDR tem como propósito “servir o mercado com soluções de comunicação sustentáveis, que agreguem valor ao cliente e à sociedade e que sejam acessíveis a todos”, isto para que também os clientes “possam transmitir o seu propósito, em qualquer circunstância”.

Como empresa 100% portuguesa, a BDR tem aderido a diversas iniciativas sociais, procurando fazer a diferença, ajudando a defender o que de melhor se promove em Portugal e a consciencializar os portugueses de que “o que é nacional é bom, e recomenda-se”, diz Bárbara Magalhães. A responsável acredita que os portugueses estão hoje mais sensibilizados para comprar produtos portugueses. E quanto à BDR, orgulha-se atualmente de reunir todas as condições necessárias para poder reduzir os preços das suas bandeiras, o seu produto core e o mais vendido, e Bárbara garante não ter sido “uma jogada comercial”: “decidimos que era o timing perfeito para o fazer, ajudando assim as empresas a não deixar de comunicar, com custos mais baixos e continuarem assim as marcas também elas na luta pelo seu propósito”.

A BDR assume privilegiar materiais certificados, leves e mais resistentes, que no final do seu tempo útil de vida, podem ser reciclados, e exigem meios de transporte mais pequenos e com diversas aplicações. Está, deste modo, a reduzir custos de transporte e, indiretamente, a contribuir para uma menor emissão de CO2.

O seu elemento diferenciador, ao longo dos 14 anos de existência, é “a nossa essência”, sublinha Bárbara Magalhães: “Somos uma marca simples e genuína, em evolução, com valores próprios, sentimentos e atitudes, no que faz, comunica e defende. Que arregaça as mangas lado a lado com os seus clientes, sempre pronta a superar os desafios que são propostos”. E não duvida de que, nestes tempos de crise, a gestão das marcas não é fácil, sendo fundamental construir ou reforçar relações com um propósito muito claro. “Mas todas as marcas que lutaram e se colocaram ao lado dos seus clientes, ganharam não só credibilidade, como conquistaram a sua confiança ou reforçaram-na. E com isso uma relação mais forte”, adianta. É por isso altura de abandonar uma postura mais comercial, aponta, e “adaptar estratégias de marketing para dialogar e criar relações com os clientes”.

Este artigo foi publicado na edição 333 da Ambitur.