Candidaturas às Escolas do Turismo de Portugal crescem 13% relativamente a 2019

Candidaturas às Escolas do Turismo de Portugal crescem 13% relativamente a 2019

Categoria Advisor, Formação

Foram 1.333 os candidatos às Escolas do Turismo de Portugal, este ano, o que significa um aumento de 13% relativamente a 2019. Segundo o comunicado enviado à imprensa, a segunda fase de candidaturas decorre até 11 de setembro, para os cursos de Pastelaria, Restauração e Bebidas, Turismo de Natureza e Aventura, Turismo Cultural e do Património, Gestão Hoteleira e de Alojamento, Gestão de Turismo e Cozinha.

Para se adaptarem à nova realidade, as escolas “reforçaram os seus projetos de transformação digital e criaram soluções de ensino à distância” o que permitiu, apesar dos desafios dos últimos meses, que “648 alunos de 12 cursos diferentes tivessem conseguido terminar a sua formação no ano letivo 2019/2020”, refere o mesmo comunicado. Além disso, as escolas prosseguiram também as atividades no âmbito da Sustentabilidade, tendo sido realizados “97 projetos na área da responsabilidade social e ambiental, envolvendo 1.985 alunos e apoiando 18 instituições, apenas entre março e junho”.

Para 2020/2021 a aposta é num percurso mais flexível, que conjuga formação online e formação presencial, reduzindo os períodos de permanência física na escola. Todos os cursos de especialização tecnológica terão uma modalidade de ensino online, onde se prevê que 15% a 20% da carga horária teórica seja realizada neste regime. Serão também iniciados programas formativos em regime de e-learning e b-learning, com recurso a uma plataforma específica e com ofertas próprias.

Alinhadas com as estratégias de suporte à retoma da atividade turística, e aos apoios que o Turismo de Portugal tem vindo a disponibilizar às empresas, as Escolas do Turismo de Portugal preparam os jovens para que sejam agentes de adaptação à mudança, de introdução de novos modelos de organização do trabalho, para que sejam flexíveis e levem para as empresas um conjunto de competências transversais que apoiem na readaptação que muitas empresas estão a implementar para ultrapassar as dificuldades atuais.

As 12 escolas do Turismo de Portugal apostam num programa formativo abrangente, focado no talento das pessoas, no desenvolvimento de soft skills, na inovação e na internacionalização dos profissionais do turismo, como base do sucesso do setor em Portugal.

O processo de candidatura é gratuito e exclusivamente online para alunos nacionais e estrangeiros.