Casas da Serra do Açor: A privacidade e o descanso da vida numa aldeia

Casas da Serra do Açor: A privacidade e o descanso da vida numa aldeia

Na aldeia de Casal Novo, no concelho de Arganil, Margarida e Susana Nunes iniciaram um projeto em 2008, através da recuperação da Casa do Avô, uma herança da família. Depois desta investiram na recuperação da Casa do Forno Cimeira e da Casa do Forno Fundeira. Originalmente, a construção destas três habitações remonta ao século XIX e o projeto de remodelação tentou preservar algumas das características originais dos edifícios em xisto, dotando-os de todo o conforto e comodidade. A Casa do Avô dispõe de dois quartos duplos e dois quartos de casal, podendo receber entre oito a 12 pessoas. Já as restantes duas casas contam com um quarto duplo e um quarto de casal, tendo capacidade para quatro a cinco pessoas.

“Os nossos visitantes podem usufruir de descanso, privacidade e conforto, rodeados pelas magníficas paisagens que a Serra do Açor e o Rio Ceira nos oferecem”, sugerem as proprietárias. Podem também explorar a região, que está inserida nas Aldeias do Xisto ou visitar a aldeia de Cepos, a cerca de oito quilómetros e apreciar a paisagem serrana.

 

Reservas: www.casasdaserradoacor.pt/ 235 751 036/ geral@casasdaserradoacor.pt

Este artigo foi publicado na edição 308 da Ambitur.