Civitatis: Reservas para os EUA crescem 400% depois do anúncio da reabertura

Civitatis: Reservas para os EUA crescem 400% depois do anúncio da reabertura

Na última segunda-feira, dia 20, o governo dos Estados Unidos fez um dos anúncios mais esperados pelo setor turístico: o país permitirá a entrada de viajantes vacinados de diversos países, incluindo da União Europeia, a partir de novembro. Esta decisão marca o fim de um ano e meio de restrições à entrada de turistas no território do país.

As consequências da decisão da Casa Branca não demoraram em aparecer e, após o anúncio da reabertura a partir de novembro, o interesse pelos Estados Unidos disparou e, com ele, as reservas. A Civitatis, empresa de venda de visitas guiadas, excursões e free tours em português no mundo inteiro, observou um aumento de 400% nas reservas para destinos americanos como Nova Iorque, Miami ou São Francisco após a informação emitida pelo governo.

Perante esta situação, Alberto Gutiérrez Pascual, CEO e Fundador da Civitatis, declarou estar satisfeito e com muita esperança. “É sempre uma excelente notícia que um dos nossos destinos mais vendidos reabra as suas portas. Temos a certeza de que muitas famílias não vão perder a oportunidade de passar o Natal nas ruas de Nova Iorque, aproveitando a segurança que a vacinação oferece e os preços baixos que as companhias aéreas e hotéis certamente vão oferecer para incentivar o turismo”.

Além disso, Gutiérrez destaca que a reabertura dos EUA será a primeira de muitas e que “depois do anúncio do governo americano, o argentino também já comentou que planeia reabrir as suas fronteiras ao turismo antes do fim do ano. O efeito dominó para o turismo de longa distância já começou e isso é uma excelente notícia para o setor turístico e para os turistas”.