Loulé: Bienal Ibérica de Património Cultural é em outubro

Loulé: Bienal Ibérica de Património Cultural é em outubro

Loulé sucede a Valladolid como cidade anfitriã da AR&PA – Bienal Ibérica do Património Cultural. De 11 a 13 de outubro, a cidade algarvia irá acolher este evento nascido da fusão da Bienal de la Restauración y Gestión del Patrimonio AR&PA que acontece em Valladolid desde 1998, com a Feira do Património, certame criado em 2013, em Portugal.

Pretende-se reunir neste fórum vários agentes da área da museologia, reabilitação urbana, conservação e restauro, ateliers de design e arquitetura, projetos de cooperação internacional, entre outros, para um debate alargado. Por outro lado, a Bienal contará com um programa cultural, com destaque para iniciativas pedagógicas dirigidas aos mais novos e à comunidade escolar. Destacam-se igualmente as visitas orientadas e os roteiros patrimoniais, destinados ao público em geral. Marrocos será o país convidado deste evento.

Numa altura em que, mais do que nunca, a Autarquia louletana está empenhada na proteção do seu património material e imaterial, nomeadamente com o projeto de musealização dos Banhos Islâmicos, recuperação das Antas do Ameixial, Reabilitação do Quarteirão Cultural, reabilitação da Igreja Matriz, projeto de investigação de Loulé Velho, entre tantos outros, receber a Bienal Ibérica do Património constitui-se como mais uma iniciativa que concorre para a afirmação do património cultural como fator de desenvolvimento social e económico do território louletano.

Este artigo foi publicado na edição 323 da Ambitur.