Nortravel retoma Cabo Verde e reforça circuitos na América e Ásia

Nortravel retoma Cabo Verde e reforça circuitos na América e Ásia

A celebrar o 20º aniversário, a Nortravel apresentou, esta quinta-feira, a nova imagem e as novidades para 2019. A Ambitur.pt esteve presente nesta ação no Pateo da Galé, em Lisboa, que representa uma “etapa muito importante” para o operador turístico.

Para além do rebranding, Nuno Aleixo, diretor-geral da empresa, destacou algumas novidades da programação para 2019, entre as quais a apresentação de oito brochuras (seis em formato impresso – Açores, Madeira – Porto Santo, Viagens Nortravel, Itália – Grécia, Grandes Viagens e Cabo Verde, e duas em formato digital – Estados Unidos e Brasil).

As principais novidades vêm do destino Cabo Verde. Inserindo-se numa perspetiva de “continuidade” e após “várias contingências” em 2017 e em 2018, em que a Nortravel marcou presença no arquipélago “com um circuito e voos regulares da TAP”, a integração no grupo Ávoris fez com que o operador ganhasse outras condições. “Conseguimos retomar aquilo que tanto ansiávamos”, confessa Nuno Aleixo. “Sempre quisemos entrar num destino que está tão bem consagrado para o passageiro português”.

Assim, a partir de 23 de junho e até 22 de setembro, a Nortravel passa oferecer dois voos charter diretos, com saída de Lisboa, para a ilha do Sal e para a ilha da Boavista, através da companhia Evolop do grupo Ávoris. Apresentado esta semana, Nuno Aleixo referiu que já “temos reservas”. No entanto, o operador prevê que a grande força de vendas aconteça durante o mês de março. “Sabemos que vai ser um desafio porque não temos a força ou a tradição de outros operadores mas estamos convictos que temos as nossas armas e estratégias bem definidas e vai ser um destino que se vai consolidar cada vez mais”, indica o diretor-geral.

Neste momento, a Nortravel tem em operação o Circuito Cabo Verde. Desde 2018, ”é um circuito que faz Santiago, Santo Antão e São Vicente. Voamos com a TAP e fazemos um voo interno com a Binter. Vamos visitar Santo Antão com ferry”, explica o responsável. No entanto, para se fazer este circuito, existe um limite “máximo de 20 passageiros”, tendo em conta toda a logística que existe em Cabo Verde. Pronto a ser lançado no final desta semana, o diretor-geral acredita que será um “sucesso, assim como no ano anterior”.

Para além de Cabo Verde, a Nortravel vai reforçar os circuitos que oferece, passando o conceito “Tudo Incluído” a oferecer um guia português. “Este ano vamos apresentar o Este americano com Toronto e Niagara”. O circuito proposto prevê voo com a TAP para Toronto, seguido das Cataratas do Niagara, Filadélfia, Washington e terminando em Nova Iorque. “Os passageiros vão estar sempre acompanhados pelo nosso guia, visitando o sítios mais importantes da cidade que não dorme”, descreve o diretor-geral. O circuito não será um “produto barato”: os clientes encontrarão as “características Nortravel com um nível de alimentação muito equivalente ao europeu. Temos muito cuidado nos critérios das visitas que serão feitas e nos critérios das comidas que apresentamos ao cliente”, sublinha.

Ainda no continente americano, o Circuito de Perú vai ser complementado com saídas nas ilhas de Nazca onde será possível sobrevoar as linhas de Nazca. “Estamos a falar de uma atração única, um dos grandes atrativos do país”, descreve o responsável.

Neste “conceito Nortravel” com “tudo incluído”, haverá também lugar para o Circuito de Singapura com a Malásia com voos da Emirates até Singapura. Além disso, os circuitos do Japão, China, Myanmar ou Índia são também para se manter. “Há aqui uma continuidade”, defende Nuno Aleixo. “As pessoas que viajaram connosco ao longo destes anos para a Europa, pretendem continuar a viajar com o “conceito Nortravel” mas para outros destinos”.

Com a aposta “na comunicação direta com o consumidor”, Nuno Aleixo conclui que essa estratégia reflete-se na “fidelização que os consumidores têm com a marca Nortravel e, acima de tudo, na quantidade de clientes que chegam” às agências e solicitam os produtos.

Cristiana Macedo