Novo Mestrado em Food Design na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

Novo Mestrado em Food Design na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

Categoria Advisor, Formação

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) lança a 1.ª Edição do Mestrado em Food Design – a iniciar em Janeiro de 2021– um ciclo de estudos completamente inovador e diferenciador nas áreas do Design e da Alimentação em Portugal.

A par da evolução mundial na investigação académica sobre os estudos da alimentação, a ESHTE apresenta o Mestrado em Food Design, um dos poucos ciclos de estudos que a nível mundial aborda a intersecção das metodologias e ferramentas do Design com as questões da alimentação, a partir desta nova disciplina que se designa por Food Design. Para além de contar com a colaboração de diversos convidados nacionais ligados ao ramo alimentar (Gastronomia; Artes Culinárias e Estudos Alimentares) e internacionais – especialistas – nas áreas do Food Design e dos Estudos Alimentares, o mestrado apresenta um programa assente em diferentes áreas do conhecimento que contribuem para o enriquecimento profissional e académico dos alunos.

Num tempo em que os paradigmas de segurança da saúde pública com a pandemia Covid-19 são questionados, e o surgimento de uma profunda crise económica que afeta todos os setores, é cada vez mais relevante, principalmente com a alimentação, que os futuros profissionais no ramo alimentar sejam criativos e tenham a capacidade de reinventar o atual sistema alimentar.

O programa do mestrado em Food Design evidencia deste modo uma perspetiva holística no desenvolvimento de produtos, serviços e experiências alimentares com especial aplicação nas carências e problemas do sistema alimentar. Com base em processos, ferramentas e metodologias especializados em Design e inovação alimentar os alunos terão o contributo de diversas disciplinas com abordagens e backgrounds diferentes que permitem o desenvolvimento da sua atividade projetual. O turismo, a hotelaria, a restauração e a indústria alimentar exigem cada vez mais um pensamento crítico e criativo e deste modo os objetivos principais do curso são:

1) Formar profissionais de projeto no domínio do Food Design para o desenvolvimento de produtos, serviços e experiências alimentares, capazes de exercer a sua atividade profissional em diferentes cenários do sistema alimentar;

2) Explorar as fronteiras entre o design e a alimentação ao combinar processos, metodologias e ferramentas de design com a ciência, inovação e tecnologia alimentar num contexto inter e transdisciplinar;

3) Promover a reflexão e o pensamento crítico e criativo dos alunos para as questões específicas do sistema alimentar, que permitam conceber, desenvolver e implementar projetos à escala (local, regional e global) no desenvolvimento de produtos, serviços e experiências alimentares;

4) Adotar uma abordagem ao design enquanto atividade projetual que promove o uso e o consumo alimentar de modo responsável e sustentável, e deste modo desenvolver projetos de Food Design em contexto real e em colaboração com entidades públicas e privadas, no âmbito da alimentação.

O modo como o ciclo de estudos está estruturado permite aos alunos uma compreensão do atual sistema alimentar. A combinação entre alimento e design cria um food designer capaz de: gerir processos, métodos e espaços de trabalho complexos que exigem soluções inovadoras, onde os produtos são processados, distribuídos e consumidos; gerir a produção de alimentos do ponto de vista estético, comunicacional e de representação; criar e desenvolver metodologias criativas e inovadoras para gerir equipamentos e ferramentas utilizados para preparar e consumir alimentos e gerir a comunicação e promoção de produtos, serviços e experiências alimentares inter/multidisciplinares.

Para mais informações: http://www.eshte.pt/pt/artigos/mestrados/food-design