OCDE destaca Programa Valorizar como case study na criação de valor para o destino

Categoria Advisor, Política

O Programa Valorizar, implementado pelo Turismo de Portugal, foi destacado pela OCDE como um case study na criação de valor para o destino, durante a apresentação das “Tendências e Políticas de Turismo 2018”, que aconteceu esta manhã, na ITB Berlim.

Criado no âmbito da Estratégia Turismo 2027, este Programa disponibiliza três linhas de financiamento – Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior, Linha de Apoio à Disponibilização de Redes Wi-Fi e Linha de Apoio ao Turismo Acessível – para apoiar o desenvolvimento de projetos turísticos que promovam a diversificação da oferta, a valorização do património e dos recursos endógenos das regiões, e que contribuam para diminuir os impactos da sazonalidade e distribuir a procura de forma mais homogénea, por todo o território. Até ao momento, foram aprovados 232 projetos com um financiamento de 37 milhões de euros e um investimento total associado de 55 milhões de euros.

Durante a apresentação, foi ainda referido que o turismo é um importante setor económico na zona da OCDE, contribuindo diretamente, em média, para 4,2% do PIB, 6,9% do emprego e 21,7% das exportações de serviços.

Quanto ao futuro próximo, a OCDE defende o desenvolvimento sustentável do setor, que irá depender da implementação de políticas sólidas, estratégias integradas, estruturas interministeriais e mecanismos que envolvam o setor privado e outros stakeholders do turismo, bem como medidas que respondam às novas e inovadoras abordagens de comercialização na prestação de serviços.