Startup Madeira: um habitat natural de novas empresas no meio do Atlântico

Startup Madeira: um habitat natural de novas empresas no meio do Atlântico

Categoria Business, Empresas

Capacitar jovens empresas para o mercado, através de um apoio ao desenvolvimento e expansão dos seus negócios. Este é a função da Startup Madeira, incubadora fundada em 1997, que funciona como entidade facilitadora e ponto de contato do ecossistema empreendedor regional, com parceiros nacionais e internacionais.

“A incubação de empresas e a realização contínua de programas de empreendedorismo e inovação fazem parte da estratégia de empresa”, realça Carlos Soares Lopes, CEO da Startup Madeira, acrescentando que nesta incubadora os clientes têm acesso “a um conjunto de serviços a preços acessíveis, de forma a reduzir o risco inicial do seu negócio”.

Para além de uma carteira com 40 clientes fixos, a Startup Madeira lançou, recentemente, em parceria com o Turismo de Portugal, um programa internacional para startups na área do turismo e lazer denominado Madeira Startup Retreat. A concurso foram aceites 61 startups, de 25 países. Na fase final foram seleccionadas 10 que participam, de janeiro a março, neste programa na ilha da Madeira.

Com duas incubadoras – uma no Funchal e outra na Ribeira Brava – em 2018, a Startup Madeira irá continuar a apostar no lançamento de novas versões de diversos projetos. O foco principal são os seus programas de aceleração.

Diana Silva, Ricardo Ramos Gonçalves e Rita Rebelo / Este artigo foi publicado na edição 308 da Ambitur.