Turismo do Centro e do Norte avançam com projeto transfronteiriço “Três Regiões, Dois Países, Um Destino Turístico”

Turismo do Centro e do Norte avançam com projeto transfronteiriço “Três Regiões, Dois Países, Um Destino Turístico”

Categoria Advisor, Associativismo

O Turismo Centro de Portugal (TCP) participou, esta quarta-feira, em duas reuniões de trabalho com entidades espanholas, ambas com o objetivo de avançar com projetos em comum a nível da promoção turística, pode ler-se num comunicado.

A reunião decorreu em Zamora, e sentou à mesa, além do Turismo Centro de Portugal, o Turismo do Porto e Norte de Portugal e o Turismo da Junta de Castela e Leão. O encontro teve o objetivo de avançar com as ações previstas entre os três territórios, inseridas no projeto transfronteiriço “Três Regiões, Dois Países, Um Destino Turístico”.

Este foi o segundo encontro no âmbito do projeto, depois de uma sessão inaugural, no Porto. A próxima sessão acontecerá no Centro de Portugal, refere a entidade.

A reunião contou com a participação de Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, Luís Pedro Martins, presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Estrella Torrecilla, diretora geral de Turismo da Junta de Castela e Leão, e Maria de Lurdes Vale, diretora da oficina de Turismo de Portugal em Espanha.

Os temas em cima da mesa tiveram como pano de fundo uma “estratégia comum” que aproxime as três regiões turísticas. “Ficou determinado, por exemplo, que vão ser dados passos concretos para a promoção conjunta, nomeadamente através de mapas territoriais que congreguem os três territórios e mostrem os principais conteúdos turísticos, como os vinhos, as catedrais, os lugares Património da Humanidade, os espaços naturais protegidos, as rotas pedestres e de cicloturismo, entre outros”, refere o mesmo comunicado.

Segundo o TCP, ficou igualmente decidido o registo da marca e da imagem “Três Regiões, Dois Países, Um Destino Turístico”, assim como a construção de um microsite com informação e as ações do projeto, a ser inserido nos sites das três entidades. Propostas para um receituário da Raia fronteiriça, ações conjuntas no âmbito do turismo desportivo e a criação de um cluster enoturístico foram outros assuntos abordados na reunião.

Rotas Napoleónicas por Espanha e Portugal juntou entidades em Astorga

Numa outra iniciativa transfronteiriça, o TCP participou no quinto Comité de Direção do projeto Interreg NAPOCTEP – Rotas Napoleónicas por Espanha e Portugal. O encontro, que durou dois dias, decorreu na cidade espanhola de Astorga.

Tal como explica a entidade do Centro, as Rotas Napoleónicas são um produto turístico que leva os visitantes a percorrer os percursos realizados pelos soldados de Napoleão durante as Invasões Francesas. E o projeto NAPOCTEP junta assim as regiões do Centro de Portugal e de Castela e Leão e é liderado pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra. O objetivo é “transformar o património da época das invasões francesas – assente nas Rotas Napoleónicas – num produto turístico de qualidade e sustentável, capaz de criar riqueza e emprego em zonas espanholas e do Centro de Portugal”.

Na reunião, segundo a mesma nota, foram apresentadas as diversas Rotas Napoleónicas já identificadas nas duas regiões, assim como o plano de marketing associado a este produto. Foram igualmente assinados os acordos de colaboração com agentes públicos e privados espanhóis, de forma a garantir oferta turística qualificada para os interessados em percorrer as Rotas.

Os vários parceiros deste projeto estão a desenvolver, com a Federação Europeia das Cidades Napoleónicas, um programa de animação comemorativo do centenário da morte de Napoleão Bonaparte, que decorre ao longo do ano de 2021.