“A World For Travel – Évora 2020” será uma “oportunidade de reflexão sobre o turismo do amanhã”

“A World For Travel – Évora 2020” será uma “oportunidade de reflexão sobre o turismo do amanhã”

Categoria Business, Empresas

Nos dias 5 e 6 de novembro, a cidade de Évora vai ser a anfitriã do fórum “A World For Travel – Évora 2020”. Durante dois dias, centenas de oradores e participantes de todo o mundo vão reunir-se no Alentejo para debater os principais desafios do turismo no pós-pandemia e discutir soluções a longo prazo que garantam a sustentabilidade do setor.

Na conferência de imprensa de apresentação do evento, que decorreu hoje online, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, quis deixar a mensagem de que “Portugal está, de facto, pronto” para um novo ciclo. Os últimos meses foram de trabalho: “Estivemos muito ativos a desenvolver projetos especiais” para que, quando forem abertas as fronteiras e  estarem “reativas” as ligações aéreas, o país ter “todas as condições para receber toda a gente”. Para além disso, Rita Marques sublinha a “variedade de projetos” que têm sido desenvolvidos para “garantir” que os protocolos sanitários sejam aplicados e, ao mesmo tempo, “responder” às “necessidades” e “tendências” que se avizinham, até porque o consumidor e o turista terão perfis diferentes do que tinham até agora: “A sociedade vai mudar e, por isso, atualizamos e organizamos a nossa oferta e serviços para acomodarmos essas novas tendências”. Assim que as fronteiras europeias e as condições sanitárias o permitam, “estaremos abertos aos turistas”, precisa a responsável, acreditando que “estaremos prontos para dar a mesma qualidade de serviço que nos permitiu ser distinguidos por três vezes como o melhor destino do mundo”.

A sustentabilidade está no “centro da estratégia” do Turismo de Portugal, recorda Rita Marques, afirmando que, desde 2016, a entidade tem trabalhado sob esta premissa e numa lógica de reafirmação do turismo, tendo desenvolvido várias atividades e projetos que trouxeram valor “ao país, às zonas rurais, ao Interior e ao litoral, a todas as geografias, a todo o território no continente e nas ilhas”. 

O facto do “A World For Travel – Évora 2020” ser no Alentejo é motivo para Rita Marques notar o contributo deste evento para a região. “O Alentejo é muito querido para nós”, refere a secretária de Estado, indicando que este tipo de eventos se inserem num dos outros aspetos da “estratégia turística” do país: “melhoria do conhecimento. É uma das nossas nossas prioridades”, acrescenta. Para a responsável, a gestão correta do território só é possível “quando se conhece” a região.

Numa mensagem final, Rita Marques centra-se na razão para o sucesso do turismo nacional nos últimos anos: “Assenta precisamente em parcerias de grande valor”. A dirigente reforça que o “processo de desconstrução” da forma como o turismo era visto, algo que se tem vindo a desenvolver, no sentido de “colocar o turismo nos nossos corações e nas nossas mentes” foi conseguido com o envolvimento de “agências públicas e privadas” mas também de outros agentes como# “empresas, instituições, regiões e players em setores que estão, de alguma forma, relacionados com o turismo mas que não pertencem ao setor”.

As fortes parcerias são, assim, um dos motivos para a responsável não ter dúvidas quanto ao sucesso do Fórum, sublinhando que será uma “oportunidade de reflexão para convidar todos os líderes mundiais do turismo para discutir sobre o turismo do amanhã”, até porque “todos nós podemos ter sucesso juntos como uma equipa”.