AP Madeira lança campanha de apelo para ficar em casa

AP Madeira lança campanha de apelo para ficar em casa

Categoria Advisor, Associativismo

“Stay home now. Dream online. Visit us later!” é o mote da mais recente campanha de sensibilização da Associação de Promoção da Madeira (AP Madeira). Lançada nas redes sociais, a AP Madeira apela aos portugueses a ficarem em casa, mas sem “nunca esquecer as levadas, a poncha, as paisagens e o mar do melhor destino insular do mundo”.

“O mar que nos inspira. É o mesmo que nos aproxima. Por agora, navegue apenas online. Descubra as experiências, clique, sonhe. Há tanto para fazermos depois. Com mais emoção, com mais beleza, com mais natureza. Não deixe de sonhar, mas deixe-se ficar”. São algumas das mensagens, que pretendem “sensibilizar para a importância de ficarmos em casa, agora, para nos reencontrarmos depois e desfrutar em pleno de todas as inesquecíveis experiências que o destino tem para oferecer”, explica a associação em comunicado.

Esta comunicação surge no seguimento do Estado de Alerta decretado pelo Governo Regional da Madeira, que restringe a entrada de turistas na ilha. A medida tem como objetivo “salvaguardar a segurança de habitantes e turistas, de forma a ultrapassar o momento delicado que o mundo atravessa com o surto de Covid-19” e garantir que a “Madeira continua a ser um destino de paragem obrigatória no futuro”.

Direcionada para o mercado português e estrangeiros, campanha estará disponível nas plataformas online da AP Maderia e será acompanhada com um vídeo, disponível em português e inglês.

“Ficar em casa é proteger os seus, as populações e os destinos. Por muito difícil que esta medida seja para um destino turístico é nossa obrigação, é nossa responsabilidade, apelar à responsabilidade cívica, mas também reconhecer que o isolamento é contra natura, que o ser humano é um ser de relações, de afetos, de experiências. Por isso é importante devolver esperança às pessoas e permitir-lhes continuar a sonhar. É isso que queremos devolver às pessoas, a esperança, a possibilidade de poderem continuar a sonhar …online…com a Madeira!”

O vídeo está disponível aqui.

Foto cedida pela AP Madeira