Falta de regulamentação da profissão “entristece” diretores hoteleiros nacionais

Falta de regulamentação da profissão “entristece” diretores hoteleiros nacionais

Este é o sentimento que Raul Ribeiro Ferreira, presidente da Direção da Associação dos Diretores de Hotéis de Portugal (ADHP), afirma existir junto aos profissionais do setor, após mais um ano “sem que haja uma regulamentação da profissão”. Na abertura do XV Congresso da Associação, que decorre até sábado em Viseu, o responsável afirma que isso “entristece o setor”, pois “não há qualquer proteção dos profissionais que nele trabalham”.

Esta também foi a ocasião para Raul Ribeiro Ferreira dar a conhecer alguns dados recolhidos pela Associação que permitem de alguma forma caracterizar os profissionais do setor, observando-se então uma idade média de 50 anos, sendo 77% homens, com 28 anos de média de trabalho, estando 85% dos profissionais a contrato sem termo. “Esta é uma classe com experiência, que sabe o que está a fazer, que todos os dias que traz uma mais-valia aos empreendimentos e à oferta hoteleira em Portugal”, concluiu o responsável.

A falta de mão de obra, qualificada e não qualificada, a formação, o recrutamento dos jovens profissionais, entre outros, foram também temáticas abordadas pelo responsável.

Pedro Chenrim, em Viseu