Figueira da Foz: Um território que surpreende a cada descoberta

Figueira da Foz: Um território que surpreende a cada descoberta

A Figueira da Foz é para todos e, este ano, continuará a sê-lo.

Este é o epíteto pelo qual a Figueira da Foz cedo ficou conhecida: “Rainha das Praias de Portugal”. Sendo uma das estâncias balneares mais antigas da Região Centro de Portugal, este é sem dúvida um concelho abençoado pela multiplicidade de belezas naturais que contrastam entre si e reclamam o olhar de quem o visita. Por isso mesmo, a autarquia não duvida que a Figueira da Foz é para todos e que, este ano, continuará a sê-lo. Quer a sua opção seja uma viagem de fim-de-semana, um passeio de um dia ou de apenas uma tarde, a garantia será sempre a mesma: aqui será recebido por gentes hospitaleiras e, a cada minuto, surpreendido pelas profundas raízes históricas e culturais deste município.

O convite a passeios à descoberta da serra, mar, praia, rio, salinas, arrozais, lagoas e do Cabo Mondego é a “desculpa” perfeita para se aventurar numa diversidade de habitats de reconhecida riqueza ecológica e histórica.

Na Figueira da Foz as ligações ao mar e à pesca são evidentes e manifestam-se com todo o seu esplendor na gastronomia local. Pode experimentar a Raia de Pitaú, a Caldeira, a Feijoada de Sames, o Arroz de Marisco ou a sardinha assada, iguarias que certamente lhe deixarão “água na boca”. Mas também a doçaria chama por si, com o Arroz Doce feito com o arroz carolino dos campos do Baixo Mondego, ou ainda o Bolo das Alhadas e as Brisas da Figueira.

E já de “barriga aconchegada”, poderá explorar a cidade a pé ou de bicicleta, conhecendo de perto a sua Arte Urbana. Pode também, se preferir o contacto direto com a Natureza, percorrer as rotas e os percursos cicláveis deste município. Aproveite a Figas (bicicleta elétrica patilhada) e, tendo como ponto de partida a estação de caminho-de-ferro, logo à entrada da cidade, acompanhe a linha de costa até à pitoresca Vila de Buarcos, suba depois à Serra da Boa Viagem e tire um momento para admirar a paisagem no Miradouro da Bandeira.
Também os desportistas têm várias opções, no rio Mondego ou no Oceano Atlântico. As praias “Surf no Crowd” (Murtinheira, Quiaios, Buarcos, Cova Gala, Leirosa) são aconselhadas para quem gosta de fugir às multidões. Se se sentir mais aventureiro, tente “apanhar” a onda direita mais comprida da Europa, na praia de Buarcos.

Comece já a planear a sua próxima viagem à Figueira da Foz. Pode contar com a simpatia e a arte de bem receber dos figueirenses. O município está já preparado para o acolher, com todos os cuidados que o atual momento exige, abrindo-lhe as portas de inúmeros espaços culturais como o Museu Municipal Santos Rocha, os Núcleos Museológicos do Mar e do Sal, a Casa do Paço, o Centro de Artes e Espectáculos e o Núcleo de Arte Contemporânea Laranjeira Santos.

Faça as malas e rume à história e tradição de um concelho cheio de emoções surpreendentes.

Este artigo foi publicado na edição 333 da Ambitur.