MatchMaking Check-in junta startups e PME’s do turismo para encontrarem novas soluções para o setor

MatchMaking Check-in junta startups e PME’s do turismo para encontrarem novas soluções para o setor

Categoria Agenda, Inside

Nos dias 24, 25 e 26 de Março, o evento MatchMaking Check-In, junta 21 startups nacionais e internacionais a 16 PME’s do setor do turismo com o objetivo de, durante esses três dias, potenciar parcerias de sucesso no sentido de encontrar novas soluções para o setor e transformar o turismo em Portugal. O evento, promovido pelo Entrepreneurship Hub e Westmont Institute of Tourism & Hospitality da Nova SBE, com o apoio do Turismo de Portugal, conta com a participação da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, na sessão de abertura.

A ambição de construir experiências de turismo mais atuais, mais sustentáveis e mais seguras será a força motriz para o evento de cocriação que decorrerá entre os dias 24 e 26 de Março, num formato totalmente digital.

A abertura do MatchMaking Check-In contará com a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, à qual se seguem as Talks A inovação contínua e Como maximizar o impacto, dinamizadas pelos professores da Nova SBE Nadim Habib e Ricardo Zózimo, respetivamente. Durante os três dias as startups participantes e as PME’s realizarão mais de 60 reuniões com o objetivo de potenciarem sinergias. No dia 26 será o momento das 21 startups revelarem os projetos-piloto que pretendem desenvolver em parceria com as PME’s.

A seleção das 21 startups finalistas foi realizada de forma colaborativa, por todos os parceiros do programa Check-In, de forma a garantir uma maior adequação das soluções apresentadas aos desafios das empresas parceiras, bem como, à cultura de inovação necessária ao sucesso das parcerias.

A lista final conta com 13 startups nacionais e as restantes oriundas de sete nacionalidades diferentes (Espanha, Polónia, Canadá, Estónia, Reino Unido, Estados Unidos e Suíça). A seleção conta ainda com áreas bastante distintas de atuação: mobilidade e gestão de fluxos de pessoas, serviço de concierge e digitalização da experiência do cliente, ferramentas de realidade virtual e de realidade aumentada, soluções de reconhecimento facial, e ainda monitorização de infraestruturas e eficiência energética.

No caminho para um mundo mais sustentável e seguro, o turismo tem um papel determinante. Com esta iniciativa, a Nova SBE reforça o seu contributo ativo na dinamização de um ecossistema de inovação onde a academia, as startups, as empresas e os cidadãos têm um papel a desempenhar na construção do turismo do futuro.

De acordo com Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, “a inovação e a sustentabilidade têm sido prioridades na estratégia do Turismo de Portugal e são agora fundamentais para a retoma nos próximos anos. Com o apoio ao programa Check-In queremos incentivar e acelerar o processo de adoção de soluções tecnológicas inovadoras pelas empresas, para uma retoma mais ágil e sólida do sector. A tecnologia contribui para criar as condições para concretizar a perceção de segurança sanitária, determinante para gerar confiança no turista e criar experiências fluídas. Contribui igualmente para o conhecimento baseado em dados, decisivo a um desempenho empresarial mais eficiente, tornando as empresas e o destino mais competitivos e sustentáveis no mercado global.”