Turismo de Portugal combina Vinho com Ativos Turísticos do país em campanha de promoção

Turismo de Portugal combina Vinho com Ativos Turísticos do país em campanha de promoção

Categoria Advisor, Associativismo

A campanha insere-se no Plano de Ação para o Enoturismo, lançado o ano passado durante a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL). Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, dá conta que uma das componentes do Plano é a promoção e que ao longo deste ano foram desenvolvidas outras como a “estruturação do produto”, através da aprovação e apoio a a 38 projetos de Enoturismo, que representam um investimento de mais de 60 milhões de euros, entre hotéis temáticos, rotas, enotecas, museus, eventos, adegas, quintas e solares.

O presidente do Turismo de Portugal justifica a aposta no Enoturismo pelo facto de o “vinho ser um produto que toca todo o território e que traz pessoas de maior valor acrescentado que podem ficar durante mais tempo” no país. Segundo o próprio, “existe a consciência de que é uma oportunidade de negócio” e verifica-se o um “crescimento enorme de experiências turísticas com foco no Enoturismo”.

Foi a Partners quem deu “asas” à imaginação para criar a campanha de promoção do Enoturismo e Tomás Froes, fundador da agência, explica como “nasceu” o conceito. Sempre se tentou “tornar os vinhos uma referência pela casta ou região” e a verdade é que “estamos a competir com mercados muito maduros e com muita notoriedade” pelo que era preciso ir mais além.

Pairings” entre vinho e ativos turísticos 

Assim, a Partners procurou “posicionar os vinhos à dimensão do destino e Portugal foi eleito o Melhor Destino do Mundo”. Mas como? “Fomos buscar um insight do vinho que é o pairing“, a ideia de que o vinho fica bem com determinado prato ou sobremesa, abrangendo-o para “o vinho fica bem com uma experiência do destino Portugal”: Aventura, Arte, Descoberta, Música e Bem-Estar. No fundo, a promoção de ‘pairings‘ entre o vinho e alguns dos ativos turísticos estratégicos do País.

Wine pairs with Portugal” é o lema da campanha, que se prolonga até final de 2020, para os mercados do Reino Unido, Espanha, França, EUA, Brasil, Alemanha e Canadá. Fruto de um investimento de 500 mil euros, a campanha é exclusivamente digital e abrange seis filmes, um genérico e cinco específicos que são eles: “Wine pairs with Adventure“, “Wine pairs with Art“, “Wine pairs with Discovery“, “Wine pairs with Music” e “Wine pairs with Wellness“.

Ações do Plano Estratégico para o Enoturismo

Outras ações incluem o desenvolvimento de Planos de Promoção regionais e o lançamento da plataforma digital “Portuguese Wine Tourism“, um hub de informação e promoção internacional do destino específico para este segmento.

Será também introduzido o plano de formação Enotur, dirigido a profissionais do setor do turismo e do setor vitivinícola, dotando-os de competências globais de organização, planeamento, gestão e execução de projetos para potenciar a experiência do visitante, bem como da utilização dos recursos turísticos da região na conceção da oferta do produto Enoturismo.

Destaque ainda para a realização da 5.ª Conferência Mundial de Enoturismo que irá realizar-se em Reguengos de Monsaraz, em outubro, organizada sob a égide da Organização Mundial de Turismo (OMT).

Rita Inácio