Volta Int.: “Governo espanhol aponta para julho a retoma do turismo internacional”

Volta Int.: “Governo espanhol aponta para julho a retoma do turismo internacional”

Hosteltur:

“Governo espanhol aponta para julho a retoma do turismo internacional”

A vice-presidente do executivo espanhol, Teresa Ribera, responsável pelo regresso gradual à atividade, disse em entrevista à Efe, que a retoma do turismo internacional a Espanha será em “julho”, alertando que uma “abertura massiva e prematura” seria uma “irresponsabilidade”, podendo colocar em risco a população espanhola.

“Especialistas: Espanha ficou para trás no que se refere a ajudas ao turismo”

Os auxílios estatais ao turismo nos principais países europeus excedem 50 mil milhões de euros através de injeções diretas, financiamento e créditos tributários que tentam conter o impacto da crise da Covid-19 num setor cujo peso no PIB é entre 7,4% na França e 25% na Grécia. Por esse motivo, os especialistas concordam com a necessidade de um plano em Espanha para que o setor possa tentar economizar, parcialmente, a temporada de verão e sublinhar que a quarentena decretada pelo governo espanhol para viajantes do país é negativa para a imagem do país.

Mercado & Eventos:

“Latam retoma voos internacionais em junho”

O Grupo Latam Airlines terá um aumento gradual das operações nos próximos dois meses. Em junho, a operação passará de 5% para 9% da sua capacidade pré-crise e em julho atingirá 18%. A empresa vai oferecer mais flexibilidade para a compra e programação de viagens, com descontos de até 20% na tarifa, medidas sanitárias e orientações para os passageiros que viajam durante a crise.

“Cresce 680% a procura por seguro que permite cancelamento por qualquer motivo”

Um levantamento realizado pelo site de comparação de seguros de viagem, Squaremouth.com, mostrou o quanto a pandemia de coronavírus (covid-19) afetou o comportamento do consumidor. O estudo apontou um crescimento da procura por seguros que garantam o reembolso da viagem no caso de cancelamento por qualquer motivo (“Cancel for any reason”), que custam, em média, 40% a mais que seguros com coberturas tradicionais.

Panrotas:

“Lufthansa deixará centenas de aviões em terra até 2022”

A Reuters teve acesso a uma carta aberta para funcionários da Lufthansa onde o conselho executivo da empresa afirma que centenas de aviões vão continuar em terra por mais alguns anos. Segundo o comunicado, 300 aviões vão continuar sem levantar voo em 2021 e, outros 200, em 2022.

 

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Internacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.