Volta Nacional: “Pandemia atira ANA para prejuízos de 80 milhões”

Volta Nacional: “Pandemia atira ANA para prejuízos de 80 milhões”

Jornal de Notícias

“Uma dose de vacina poderá chegar para viajar na Europa”
As pessoas que tenham só uma dose de vacina contra a Covid-19 poderão, se os países assim o entenderem, viajar sem restrições no espaço da UE. A possibilidade está prevista nas regras do certificado digital, acordadas entre o Parlamento e o Conselho Europeu, e que isentam de teste os menores de seis anos.

“Governo admite falhas mas turismo e comércio agradecem”
António Costa, Marta Temido e Graça Freitas reconhecem que “não correu tudo bem” na final da Champions, mas economia da Invista sai revitalizada do evento. Os responsáveis pelo Turismo do Porto e Norte aplaudem e defendem que o evento vai potenciar, a breve prazo, um crescimento no número de turistas na cidade.

Público

“Comissão propõe que pessoas imunizadas possam viajar sem testes nem quarentena”
A proposta é válida para os cidadãos completa ou que tenham sido infetados e que queiram viajar na UE.

“Menos dois festivais em 2021: Super Bock Super Rock e FMM Sines adiados”
A agenda de verão continua a encolher após as baixa de eventos como o Rock in Rio, o NOS Primavera Sound e o NOS Alive.

Negócios

“Pandemia atira ANA para prejuízos de 80 milhões”
A “crise sem precedentes” que a pandemia provocou em 2020 no setor da aviação resultou em prejuízos de 79,7 milhões de euros para a ANA – Aeroportos de Portugal, que comparam com lucros de 303 milhões de euros registados no ano anterior. O tráfego de passageiros sofreu uma “quebra abrupta” e, em 2020, passaram pelos 10 aeroportos da concessionária cerca de 18 milhões de passageiros, menos 41 milhões face ao ano de 2019, ou seja, uma quebra de 70%.

“TAP precisa de mais 206 saídas para atingir meta”
A TAP precisa que mais 206 trabalhadores saiam para atingir o objetivo de reduzir em dois mil o pessoal. Para isso, vai retirar a partir desta terça-feira de lay-off os trabalhadores que estavam em regime de suspensão da prestação de trabalho, para que estes se possam candidatar a rescisões por mútuo acordo.

Jornal i

“TAP: prejuízos de 365,1 milhões no 1º trimestre”
A TAP registou um prejuízo líquido de 365,1 milhões de euros no primeiro trimestre de 2021, ainda assim uma melhoria de 164,6 milhões face aos prejuízos registados no último trimestre de 2020. A capacidade e os rendimentos operacionais da companhia caíram 81% e 74%, respetivamente.

Nota informativa: O ambitur.pt não se responsabiliza pela informação veiculada nos órgãos de comunicação social que engloba na sua Volta Nacional, constituindo o seu conteúdo sempre citação de informações.