WTM London 2018 regressa “cheia de novas ideias”

WTM London 2018 regressa “cheia de novas ideias”

Categoria Business, Empresas

A World Tourism Market London 2018 vem “cheia de novas ideias e oportunidades de negócio”, entre 5 e 7 de novembro, a ter lugar no ExCeL London, na capital britânica. Quem o garante é Simon Press, senior diretor de uma das maiores feiras de turismo do mundo, em entrevista exclusiva à Ambitur.

A 38.ª edição do evento tem como tema “Ideas Arrive Here” visto que “a WTM London é um ‘ninho’ para a criação de ideias na indústria de viagens. É aqui que as ideias de negócio que alimentam a indústria são pensadas, desenvolvidas, evoluídas e acordadas”, defende Simon Press. Este ano, a WTM London “revela as ideias que moldarão os sonhos e os planos de viagem nos próximos cinco anos”.

São cerca de 5.000 expositores, com várias estreias como o caso de Itália, Índia e Grécia, que reservaram grandes espaços no evento. São também esperados 50.000 profissionais, de 182 países e regiões, permitindo alcançar um volume de negócio superior ao ano passado, que atingiu o valor recorde de 3,1 milhões de libras.

Portugal, um dos destinos mais populares da Europa
Sobre a presença de Portugal no certame, na edição deste ano estarão presentes cerca de 55 expositores portugueses, entre os quais o Turismo de Portugal, a TAP, a AHRP – Associação de Hotéis Rurais de Portugal, o Turismo Centro de Portugal e as Pousadas de Portugal.

O responsável garante que “Portugal é um destino significativo para a WTM London, uma vez que é um dos destinos mais populares da Europa” e durante todo o ano. “Esperamos que os nossos expositores de Portugal continuem a trazer novidades do país, como as suas regiões, festivais e gastronomia.”

O impacto do Brexit na indústria de turismo
Com quatro décadas de história, é preciso inovar. Como tal, o senior diretor afirma que: “A WTM London segue alguns passos para se certificar de que estamos à frente da indústria.”

Assim, a feira londrina desenvolveu um programa de compreensão do cliente para garantir que “estamos a oferecer aos visitantes o que eles estão à procura”. A WTM terá como ‘vizinhança’ no espaço ExCeL um evento tecnológico, o Travel Forward, que “inspirará a indústria de viagens e hospitalidade com a próxima geração de tecnologia”.

Haverá também uma conferência sobre “O impacto do Brexit na indústria de turismo”. Segundo Simon Press, o Brexit “tem sido o principal assunto em discussão entre os expositores do Reino Unido e Irlanda”. “A curto prazo, a indústria do turismo do Reino Unido está a beneficiar de uma melhor taxa de câmbio, alimentando um número recorde de visitantes estrangeiros”, conclui.

A WTM London foi criada na década de 80 e realizava-se em Olympia. No seu ano de estreia, em 1980, contava com 221 expositores e 9.000 visitantes de 40 países. A Princesa Diana chegou a fazer a ‘abrir’ o evento, corria o ano de 1985. Antecederam e sucederam-lhe muitas outras princesas e membros da realeza britânica. Até protestos anti-Apartheid houve.
Rita Inácio, em Londres, com o apoio da easyJet.