Airbus prevê retomar parcialmente a produção em França e Espanha

Airbus prevê retomar parcialmente a produção em França e Espanha

Categoria Business, Transportes

Após a implementação de medidas rigorosas de controlo de saúde e segurança, a Airbus prevê que os “trabalhos de produção e montagem sejam parcialmente retomados em França e Espanha na próxima segunda feira”, refere a empresa em comunicado. Além disso, a fabricante aeronáutica europeia está a apoiar os esforços mundiais para enfrentar a crise da COVID-19.

A Airbus tem vindo a desenvolver um trabalho extenso, em coordenação com os parceiros sociais, para garantir a saúde e segurança dos seus colaboradores, ao mesmo tempo em que assegura a continuidade do negócio. De acordo com a empresa a implementação destas medidas exigiu uma “pausa temporária de quatro dias “nas atividades de produção e montagem nas instalações francesas e espanholas. “Os postos de trabalho só serão reabertos se cumprirem as novas medidas de higiene, limpeza e distanciamento social, de forma a otimizar a eficiência das operações nas novas condições de trabalho”, refere em comunicado. As mesmas medidas estão a ser implementadas em todas as outras instalações da Airbus, mesmo nas que não interromperam a laboração. Para outras atividades não fabris, a Airbus continua a incentivar ao teletrabalho sempre que possível.

A Airbus está a apoiar os serviços públicos, de saúde e emergência que dependem dos seus aviões, helicópteros, satélites e serviços para cumprir as complexas missões. Nos últimos dias, a empresa doou também milhares de máscaras para hospitais e serviços públicos em toda a Europa e começou a utilizar os seus aviões de testes para ir buscar maiores quantidades a fornecedores chineses. O primeiro voo com o A330-800 transportou aproximadamente 2 milhões de máscaras de Tianjin para a Europa neste fim de semana, das quais a grande maioria será doada às autoridades espanholas e francesas. Estão previstos voos adicionais para os próximos dias.

Para o CEO da Airbus, Guillaume Faury, “saúde e segurança são a prioridade número um da Airbus. As estações de trabalho nas nossas instalações na França e em Espanha só serão reabertas se cumprirem os padrões exigidos. Gostaria de saudar o forte compromisso dos nossos funcionários para garantir a continuidade dos negócios em estreita cooperação com nossos parceiros sociais e outras partes interessadas”. Este responsável destaca ainda que “estamos a fazer tudo o que é possível para apoiar as pessoas da linha de frente a combater o coronavírus e limitar sua propagação”.