ANAC: Menos passageiros nos aeroportos nacionais em setembro face a agosto

ANAC: Menos passageiros nos aeroportos nacionais em setembro face a agosto

De acordo com os dados divulgados recentemente pela Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), o tráfego de passageiros nos aeroportos portugueses terá diminuído 15,4% em setembro face a agosto, e todas as companhias aéreas registaram quebras.

Foi o Aeroporto do Porto aquele que mais sentiu a queda no mês passado, alcançando um recuo de 23,9% (443.195 passageiros). No Aeroporto de Lisboa a descida em setembro foi de 14,8%, com um total de 809.616 passageiros, e em Faro de 6,5% (383.963 passageiros). Funchal caiu somente 3,2% face ao mês anterior (111.292 passageiros) e Ponta Delgada a quebra foi mais acentuada, de 19,2% (93.896 passageiros).

Já em termos homólogos, a maior quebra registada no mês de setembro, face a igual mês de 2019, foi sentida no Aeroporto de Lisboa (-75,3%), seguindo-se Faro (-65,1%) e Porto (-64.6%). No global, os aeroportos nacionais registaram menos 70,4% de passageiros no mês passado, face a igual mês do ano anterior.

A taxa de ocupação dos aviões, ou load factor, que em setembro de 2019 se situava nos 90,2%, situou-se este ano nos 61,3%, abaixo do registado em agosto, de 61,8%.

No total, nos primeiros nove meses do ano, os aeroportos portugueses movimentaram 14,4 milhões de passageiros, muito inferior aos quase 42,8 milhões apurados há um ano.

No que diz respeito às companhias aéreas, em setembro de 2020, face a agosto do mesmo ano, a TAP registou uma quebra no número de passageiros transportados na ordem dos 3,8%, que quando comparada com igual mês de 2019, ascende aos 79,3%. A companhia transportou um total de 394.589 passageiros no mês passado, liderando o ranking.

A Ryanair transportou 365.713 passageiros, menos 11,8% do que em agosto, e menos 63,1% do que em setembro de 2019. A easyJet terá sido a terceira a movimentar mais passageiros no mês de setembro, com um total de 133.752, e uma queda de 45,8% face ao mês anterior, a maior quebra do ranking.

Foto ANA - Aeroportos de Portugal, Aeroporto do Porto