Campanha “Viagens na nossa Terra” quer trazer “os portugueses ao Centro de Portugal com vantagens competitivas”

Campanha “Viagens na nossa Terra” quer trazer “os portugueses ao Centro de Portugal com vantagens competitivas”

O Turismo Centro de Portugal apresentou hoje uma nova campanha, “Viagens na nossa Terra”, em conjunto com a Top Atlântico, a Geostar e o Cartão Continente com o objetivo de valorizar a oferta instalada nesta região com preços aliciantes. “Este é um projeto que visa criar valor”, sublinhou Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, acrescentando que se trata de um instrumento que “permite levar aos portugueses a possibilidade de fazerem férias no Centro de Portugal com vantagens competitivas”.

A campanha arranca hoje e estará disponível, para reservas, até 30 de junho, sendo que as estadias podem ser usufruídas até final de outubro deste ano. Os preços são válidos para duas noites, em regime de pequeno-almoço.

Margarida Blattman, do Grupo Wamos, que representa a Top Atlântico e a Geostar, acredita que “este é o timing certo” para esta campanha, surgindo numa altura em que se dá o primeiro “pontapé de saída à retoma da atividade das viagens” e em que as próprias agências de viagens abriram já portas esta segunda-feira. O papel do grupo nesta parceria é simples, diz a responsável: “promover e ajudar à venda, e acrescentar valor às estadias na Região Centro”. “É mais um passo no caminho da rápida retoma económica”, frisou Margarida Blattman, que garante que a sua empresa está “otimista e esperançosa”.

Marta Reis, do Cartão Continente, também fez questão de sublinhar que se trata de “uma proposta de valor imbatível, com um preço aliciante e desconto de 20% em Cartão Continente”. A responsável acredita que a campanha será “um grande sucesso, pois as pessoas estão desejosas de sair de casa”.

Miguel Sousinha, CEO do Hotel Maré, esteve em representação dos hotéis que já aderiram a esta campanha, nomeadamente, 80 unidades da região. Mas o processo para adesão de hotéis continua aberto. “Esta é uma parceria que faz pessoas felizes”, diz o responsável.

Pedro Machado mostra-se pois “otimista” e adianta que a campanha agora apresentada também pretende criar esperança no sentido de que “vale a pena voltar a fazer turismo no Centro de Portugal”. Isto porque, diz, “a Covid-19 não tocou na essência da nossa oferta turística”. Por isso, esclarece, “queremos criar magia para os portugueses, para que voltem a percorrer a nossa região”, adiantando que a mensagem também pretende passar para o mercado espanhol.

Inês Gromicho