Conselheira Ambitur: “No mundo global em que vivemos, não existiremos nunca se nos isolarmos”

Conselheira Ambitur: “No mundo global em que vivemos, não existiremos nunca se nos isolarmos”

Mafalda Bravo, Country Manager do Grupo Ávoris para Portugal, é a mais recente Conselheira Ambitur e responde a algumas questões sobre o atual momento que o setor e o país vivem, no âmbito da pandemia da Covid-19.

De que forma o posicionamento das grandes empresas europeias/mundiais de turismo pode obrigar a refletir e alterar as estratégias das empresas nacionais no atual contexto?
Os países da União Europeia procuraram acompanhar o desenvolvimento da pandemia Covid-19 e os seus impactos em todas as áreas do setor do turismo, lançando programas de incentivos, medidas excecionais como criação de fundos, linhas de crédito, alargamento de prazos para pagamento de impostos, vouchers para consumidores, tendo cada Governo adaptado os meios às suas circunstâncias e Portugal não foi exceção.

Alem de que, nesta fase de pandemia/crise mundial, estamos todas no mesmo posicionamento de análise e tomada de atitude no dia a dia!

Considera ser necessária uma avaliação cuidada sobre o futuro dos fluxos turísticos europeus e mundiais, devido ao atual contexto? Em que sentido?
A temática é de tal forma ampla que envolve todos os setores da sociedade. Qualquer avaliação para o presente ou futuro deve ser cuidadosamente ponderada e discutida com os representantes das várias áreas do setor, inclusivamente a própria sociedade civil. Futuras decisões não poderão ser tomadas sem o acordo das entidades e players deste setor de serviços, correndo o risco de o público não aderir.

Num contexto geo estratégico, e falando de turismo, com a atual pandemia, como se deve Portugal enquadrar/posicionar?
Portugal faz parte da União Europeia e todos os acordos geo estratégicos são efetuados a 27.

Contudo, em Portugal, país onde também opera o Grupo Avoris, está-se a estudar quais medidas do pacote Estratégia Turismo 2021, assim como aquelas a implementar de futuro, poderão ter relevância para a tipologia do público target do Grupo, os nossos turistas, assim como para os nossos colaboradores, para as empresas parceiras locais e para as associações do setor nos vários países, desde restauração, aeroportos, companhias de aviação a empresas de viagens e turismo. Funcionamos e temos que funcionar em rede.

Parcerias internacionais por parte das empresas turísticas nacionais é um caminho a seguir?
O Grupo Avoris é de uma Família Espanhola, e sempre funcionou com parcerias nos países onde está presente, pois considera que no mundo global em que vivemos, não existiremos nunca se nos isolarmos, seria uma contradição.

O futuro muito próximo facilitará toda a cadeia de contactos internacionais no interesse dos operadores de turismo e dos cidadãos de cada país. Viajar constituirá um paradigma diferente, o qual já se encontra a ser desenhado no presente, para ir de encontro não só às expetativas de quem viaja, mas também à garantia da sua segurança.

Nota: A Ambitur conta, desde março de 2020, com um conjunto de Conselheiros que partilham connosco as suas visões sobre questões da atualidade no setor do Turismo. Os nossos Conselheiros Ambitur são, neste momento: Jorge Rebelo de Almeida (CEO da Vila Galé), José Theotónio ( presidente da comissão executiva do Pestana Hotel Group), Manuel Proença (presidente do Grupo Hoti Hotéis), Miguel Quintas (CEO do Consolidador.com), Frédéric Frère (CEO da Travelstore), Vítor Filipe (presidente da TQ Travel Quality e ex-presidente da APAVT), Raul Martins (presidente da AHP e do conselho de administração do Grupo Altis), Francisco Teixeira (CEO da Melair Cruzeiros), Luís Alves de Sousa (sócio gerente do Hotel Britania e ex-presidente da AHP), Bernardo Trindade (administrador do PortoBay Hotels & Resorts e ex-secretário de Estado do Turismo), José Lopes (diretor da easyJet em Portugal), Eduardo Jesus (secretário Regional de Turismo e Cultura da Madeira), Francisco Pita (CCO ANA Aeroportos), José Luís Arnaut (presidente-adjunto da Associação Turismo de Lisboa), Cristina Siza Vieira (presidente executiva da AHP) e Mafalda Bravo (Country Manager Portugal Ávoris). Em breve irão juntar-se a este painel mais um conjunto seleto de Conselheiros.

Inês Gromicho