Covid-19: Transavia suspende todos os voos

Covid-19: Transavia suspende todos os voos

Categoria Business, Transportes

As crescentes restrições e medidas de contenção tomadas pelos governos dos países onde a Transavia opera estão a impor cada vez mais limitações à subsidiária do grupo Air France-KLM. Nesse sentido, a companhia deixa de operar voos regulares na Holanda a partir de 23 de março e até 15 de abril. Em França, onde opera com 38 aeronaves, já cancelou os voos desde este domingo, 21 de março, até ao dia 19 de abril.

A par disso, foram postas à disposição medidas comerciais excepcionais: “todos os passageiros afetados pela anulação de voos vão ser contactados por SMS ou email, sendo-lhes proposto um reembolso ou adiamento”, refere a companhia em comunciado. Além disso, os passageiros que tinham voos previstos até 31 de maio podem adiar as suas viagens até 24 de outubro (inclusive) diretamente em transavia.com, sem taxas de alteração, dependendo a diferença de preço da tarifa aplicável na nova data ser mais elevada.

De acordo com a companhia o reinício dos voos está dependente dos desenvolvimentos em torno do coronavírus. “A saúde e o bem-estar dos nossos colaboradores e passageiros são fundamentais e estarão sempre em primeiro lugar”, diz a Transavia.

Voos de Bruxelas adiados para o verão de 2021

Dadas as circunstâncias excepcionais que se vive no mundo, a Transavia decidiu ainda adiar a inauguração dos voos de e para Bruxelas (incluindo a rota entre Faro e Bruxelas) deste verão de 2020 para março (e o verão) de 2021. Dessa forma, podemos estar totalmente concontrados em retomar a atividade nas bases holandesas e francesas assim que a situação o permita.